1 de abr de 2015

THE ROYAL PHILHARMONIC ORCHESTRA - "Plays Prog Rock Classics" - 2015

Não é incomum o lançamento de álbuns como este, com orquestras executando peças clássicas do rock, entretanto, esse foi criado dentro dos estúdios Abbey Road, com a participação da The Royal Philharmonic Orchestra e como se não bastasse, teve também a participação de alguns nomes estelares da estratosfera do rock progressivo para então formar uma grande banda de rock.

Associado a isto, devemos somar um elenco de músicas de bandas não menos estelares como o Yes, Pink Floyd, Jethro Tull, ELP, Rush, King Crimson, Focus, Genesis, Moody Blues e o Gentle Giant, para transformar este álbum em uma celebração ao rock, a música clássica e a tudo de bom que ela proporciona.

Músicos da RPO
Se alguém perguntar se há algum pré-requisito para se escutar um álbum de música clássica ao ritmo do melhor rock progressivo, eu diria que sim, apenas gostar de música, não importando a tribo ou a tendência musical que se associe ao perfil do ouvinte e vou mais longe, pois do modo como foi concebido, é um convite irrecusável para quem não tem familiaridade com a música clássica.

A The Royal Philharmonic Orchestra dispensa maiores comentários por razões óbvias, mas como o intuito é informar, não custa lembrar que ela é originária da Inglaterra, tendo sido fundada em 1946, pelo então maestro Thomas Beecham que ficou no comando artístico até 1961 como diretor e regente titular da filarmônica.

Adrian Smith
Isto posto, vamos aos convidados estelares que se agregaram a filarmônica e faço questão de começar por Gavin Harrison, ele mesmo, o batera do Porcupine Tree, que doa seu talento para a música, “21st Century Schizoid Man” do King Crimson.

Adrian Smith, um dos guitarristas do Iron Maiden, dá o ar da graça na música, “Red Barchetta” do Rush e como não poderia deixar de ser, deixa sua marca “metálica” registrada e no mesmo tom, Patrick Moraz impõe seu estilo à música "Think Of Me With Kindness" do Gentle Giant.

Há uma contribuição muito significativa na música, “Roundabout” do Yes feita pelo tecladista Jimmy Greenspoon do Three Dog Night, que infelizmente faleceu no início de 2015, deixando suas últimas impressões muito bem gravadas neste álbum.

Ian Bairnson, multi-instrumentista, membro quase que cativo do “Alan Parsons Project”, mostra o que sabe em “Comfortably Numb” do Pink Floyd, e na sequencia, Guthrie Govan que por um bom tempo foi membro do Asia, também está presente em “21st Century Schizoid Man”.

Patrick Moraz
Mark Feltham do New Model Army vem convidado para a música “Nights In White Satin”  do Moddy Blues e por fim, o musico e compositor, Richard Harvey do Gryphon, contribui para a música, Thick As A Brick do Jethro Tull.

Finalmente podemos chegar sem muitas delongas ao ápice deste álbum que sem dúvidas alguma são suas músicas, que a luz dos meus sentimentos, foram muito bem escolhidas, todas elas sem exceção, mas como tenho língua grande, ou melhor dizendo, uma escrita longa, aponto a primeira faixa, uma suíte especialmente montada com a junção das músicas Tarkus e From the Beginning do ELP, como umas das melhores versões orquestradas que já ouvi. 

Thijs Van Leer
Roundabout, Watcher of the Skies, 21st Century Schizoid Man são músicas que estão em um formato para fazer levantar defunto de caixão e sair pulando de alegria, pois além de clássicos em sua forma original, com certeza se tornarão clássicos da música clássica também.

A música Focus II que teve a participação especialíssima de Thijs Van Leer, dá a impressão que foi feita propositadamente para um dia, migrar do rock para a música clássica, assim como uma lagarta se transforma em uma borboleta, ficando até difícil de escolher qual a melhor versão, mas como sou declaradamente um volúvel musical, fico com as duas.

RECOMENDADÍSSIMO!!!!

Musicians:
The Royal Philharmonic Orchestra

Guest Musicians:
Gavin Harrison
Adrian Smith
Patrick Moraz
Jimmy Greenspoon
Ian Bairnson
Mark Feltham
Richard Harvey
Thijs Van Leer

Tracks:
01. ELP Suite: Tarkus / From The Beginning / Tarkus (Reprise)
02. Comfortably Numb feat. Ian Bairnson
03. Thick As A Brick feat. Richard Harvey
04. 21st Century Schizoid Man feat. Gavin Harrison and Guthrie Govan
05. Focus II feat. Thijs Van Leer
06. Nights In White Satin feat. Mark Feltham
07. Think Of Me With Kindness feat. Patrick Moraz
08. Roundabout feat. Jimmy Greenspoon
09. Watcher Of The Skies
10. Red Barchetta feat. Adrian Smith

LINK


4 comentários:

  1. Grande Gustavo!
    Meu caro, baixei esse álbum na terça-feira passada e simplesmente já o ouvi umas trocentas vezes!! rsrsrs Realmente totalmente excelente!! E sua resenha ficou ótima! Como eu também sou um escritor compulsivo (rsrs), eu teria sido muito mais prolixo, tamanha a minha empolgação com o disco.
    Vou aproveitar pra te indicar um álbum que também curti bastante, mais ou menos nessa mesma praia, mas bem diferente na escolha do repertório:
    Eklipse - Electric Air
    É um quarteto de cordas, formado somente por mulheres, e grande parte do repertório é formado por músicas de artistas/bandas ligadas ao pop em geral, como Muse, Adele, The Clash, Eurythmics, entre outras, sendo que elegi como preferida a versão delas para Teardrop, do Massive Attack - simplesmente sensacional.
    Tem aí um link, que peguei no Bunalti:
    http://uploaded.net/file/tl5n99zf
    senha: 2012
    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velhão,

      Eu também já perdi a conta de quantas vezes já escutei este...

      É no carro, na academia, em qualquer lugar, não paro de escutar.....

      Eles acertaram a mão em cheio desta vez, pois não é o primeiro álbum do gênero......

      O tratamento dado aos arranjos das músicas é diferenciado e com o aporte dos convidados especiais eles se superaram.....

      Quanto ao Eklipse, eu não conheço, mas já estou baixando para conhecer...... valeu mesmo!!!!

      Muitíssimo obrigado por sua participação e palavras......

      Um forte abraço,

      Gustavo

      Excluir
  2. Você anda sumido Gustavo!
    Tudo bem por aí?
    Apareça.

    Abraços,
    Luciana Aun

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi

      Luciana,

      Tá tudo bem sim....

      O que está faltando é tempo para me dedicar ao blog e as redes sociais .....

      Só tenho postado uma duas resenhas por mês no máximo.....

      Acredito que em mais algum tempo eu consiga me dedicar mais.......

      Abraços,

      Gustavo

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails