12 de ago de 2014

THE ANDERSON PONTY BAND - 2014

Este ano está bem movimentado musicalmente, pois já tivemos o lançamento do novo álbum de estúdio do Yes, “Heaven & Earth”, o Pink Floyd como já divulgado aqui, após vinte anos longe dos estúdios, está na fase final de produção do álbum, "The Endless River", lastreado por material inédito que ficou de fora do álbum de 1994, “The Division Bell”.

Agora somos surpreendidos, com a formação da “Anderson Ponty Band” que para os mais jovens e alguns desavisados de plantão pode neste momento não estar significando absolutamente nada, portanto, vale um pequeno esclarecimento.

Esta nova banda representa conceitualmente a união de duas escolas musicais muito distintas que são o rock progressivo e o Jazz Fusion, espelhados nas figuras mais que carimbadas da história do Rock, ou seja, Jon Anderson ex-vocalista do Yes e o Mago dos Violinos, Jean Luc Ponty, duas lendas vivas que por onde passam arrancam intermináveis aplausos por seus trabalhos.


Depois de tantos anos acompanhando praticamente tudo o que aconteceu no mundo da música contemporânea, desde o início da década de setenta, eu em minha ignorância musical achava que já tinha visto de tudo, mas sou obrigado a reconhecer que cometi um ledo engano.

Esta fusão tem tudo para ser o acontecimento musical do ano e quem sabe da década, por inúmeras razões, que vão do ineditismo deste encontro, bem como e talvez principalmente, pelo brilhante passado musical que acompanha a mais quatro décadas a vida destes dois fabulosos músicos.

E pelo que já li, escutei e assisti a respeito deste novo projeto musical, o clima é de muito entusiasmo e otimismo por parte dos dois músicos e Jon Anderson em uma entrevista disse o seguinte: “A breakthrough feeling came as I sang with Jean-Luc’s music,”. “To be in a band again is very exciting on many levels, we will play and sing our way around the world and have fun, for music is pleasure, music is all that is, music is God”, que em uma tradução "macarrônica" feita por mim, fica mais o menos assim: "A sensação de descoberta veio enquanto eu cantava a música de Jean-Luc". "Estar em uma banda de novo é muito emocionante em diversos níveis e nós vamos tocar e cantar ao redor do mundo e se divertir, pois a música é o prazer, a música é tudo, a música é Deus".

Inicialmente estão programadas três semanas para setembro deste ano uma série de ensaios que vão acontecer no Wheeler Opera House, em Aspen, CO, o que inclui a gravação de um vídeo com registro dos ensaios e ao final  uma apresentação previamente anunciada para o dia vinte de setembro, com lançamento do primeiro álbum estimado para o primeiro trimestre de 2015. 

Isto está sendo possível graças a uma campanha lançada por eles para levantar algo em torno de cem mil dólares, onde os contribuintes poderão ser agraciados dependendo do montante ofertado, com downloads da gravação do álbum, CD, DVD e diversos "combos" que estão muito bem definidos na Home Page Kickstarter.com ou até mesmo ingressos para a área VIP da primeira apresentação da banda.


É lógico que eles não estarão sós para este evento e para completar o elenco da banda, foram convidados os músicos, Jamie Dunlap (guitarra), Wally Minko (teclados), Baron Browne (baixo) e Rayford Griffin (bateria e percussão) agregando diversidade musical e experiência ao projeto, pois são renomados músicos que tem transito livre em diversas áreas do show business internacional e para quem se interessar e conhecer melhor a carreira deles, logo abaixo estão disponibilizados os links de todos os músicos envolvidos neste projeto. 

Já existe alguns trechos musicais disponibilizados na home Page Kickstarter.com e o pouco que se escuta realmente agrada de primeira e pude reparar também que futuramente algumas músicas de JLP poderão ganhar a voz de Jon Anderson, transformando o que naturalmente já era muito bom em algo absolutamente inimaginável, pois pelo menos em uma das três gravações demo disponibilizadas, temos uma conhecida peça chamada, “Stay With Me" de Jean LucPonty que está no álbum “A taste for a Passion”, gravado em 1979.

Aparentemente em uma das gravações pude perceber alguns fragmentos da música "I've Seen All Good People" do álbum "Yes Album" gravado em 1971 , presente com uma nova leitura o que nos remete a mais um "revival", agora voltado para o lado de Jon Anderson, que pode render frutos positivos para este projeto, entretanto, eu  honestamente espero é haja bastante material inédito.

No momento o jeito é aguardar ansiosamente por este grande acontecimento, mas enquanto ele não acontece, vamos dar uma oportunidade aos mais jovens a conhecer um pouco do trabalho individual deste dois astros do rock/jazz fusion, portanto, como sugestões para um bom álbum de entrada ao mundo de Jon Anderson e Jean Luc Ponty, oferecemos respectivamente, “Songs of Seven”, gravado em 1980 e “Mystical Adventures” gravado em 1982 . 

Anderson Ponty Band
Jean Luc Ponty : http://www.ponty.com/
Rayford Griffin : http://rayfordgriffin.com/

Demos:
Link 1
Link 2
Link 3

Álbuns:









2 comentários:

  1. Este eu quero ver. Adoro Ponty e é um dos poucos músicos que tenho toda a obra em FLAC. Excelente notícia, brother.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Java meu velho,

      Esta união promete.......

      São duas lendas vivas que com certeza vão surpreender até os mais céticos.....

      Só cabe a nós ficar torcida para que o lançamento deste álbum chegue logo.....

      No mais meu velho, um forte abraço.......

      Gustavo

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails