28 de fev de 2014

A Confraria dos Blogs Apresenta: BANCO DEL MUTUO SOCCORSO - "Come in Un'Ultima Cena" - 1976

Nada acontece sem uma motivação e neste caso, a motivação necessária começou pelo meu total desconhecimento sobre a música do “Banco Del Mutuo Soccorso”, então para suprir esta enorme deficiência musical, fui presenteado pelo amigo Breu Branco, um membro emérito do blog VALVULADO com esta joia rara produzida em 1976 e que se chama, "Come in Un'Ultima Cena".

Entretanto, a motivação infelizmente ganhou um peso extra com o falecimento de “Francesco Di Giacomo”, o homem da poderosa e afinadíssima voz, deixando um tremendo vazio na história do rock progressivo, bem como uma imensa legião de fãs órfãos de sua marcante presença.

Pode parecer até estranho minhas palavras, levando-se em que só tenha escutado algumas vezes um único álbum da banda, porém, quando estamos diante de uma unanimidade musical como o Banco Del Mutuo Soccorso, que nos primeiros acordes impõe sua personalidade e revela a sua vocação para a música, não restam dúvidas de que o que disse não seja apenas uma conjectura, é sim um fato.

“Francesco Di Giacomo”
Diante deste fato, a “Confraria dos Blogs” vai se reunir novamente para prestar uma homenagem conjunta ao Banco Del Mutuo Soccorso que passa por momento inusitado e terrível com a morte prematura de “Francesco Di Giacomo”, divulgando diversos álbuns de sua extensa discografia.

Como pode haver ainda alguns desavisados, assim como eu, do que significa a obra do Banco Del Mutuo Soccorso,  não custa lembrar que seu primeiro álbum é de 1972 e que eles receberam influência direta de bandas como o Genesis, king Crimson, Pink Floyd e o ELP e que até hoje já lançaram mais de quarenta trabalhos entre álbuns de estúdio, gravações de shows em CD’s e DVD’s, compilações e boxset’s, ou seja, não devo estar muito enganado a respeito das qualidades desta banda.

Como toda banda que atravessa décadas trabalhando, não é incomum que as formações se alterem com o passar do tempo e com o Banco Del Mutuo Soccorso não foi diferente e o que pude apurar é que pela banda já teve pelo menos uns quinze músicos diferentes em sua formação, mas não tenho como afirmar se esta alternância de músicos causou algum impacto, seja ele positivo ou negativo sobre as peças musicais que foram surgindo ao longo de sua trajetória.

 "Come in Un'Ultima Cena"
Como navegante de um só álbum, vou me ater ao álbum, "Come in Un'Ultima Cena", muito bom por sinal, para mim uma gratíssima surpresa que infelizmente veio acontecer com certo atraso, algo em torno de 38 anos, mas o que importa é que aconteceu.

O italiano por natureza é muito passional e um tanto trágico e eu pude sentir claramente estas características nas músicas deste álbum o que me obrigou a fazer uma analogia direta com outro grande nome do rock italiano, o Museo Rosembach com seu magnifico álbum Zarathustra, onde a musica é cantada com muita emoção e teatralidade, portanto, não foi difícil gostar deste primeiro encontro com música do Banco Del Mutuo Soccorso.

A sonoridade deste álbum remete diretamente aos anos setenta e nem poderia ser diferente, pois seus músicos atendem a todos os requisitos necessários para que consigam transmitir essa sensação, pois mostraram neste álbum serem exímios instrumentistas e quanto a isso não há a menor dúvida.

Escutar música de uma banda com dois tecladistas foi outro fato que me chamou muito a atenção por não ser comum, mas o resultado foi muito positivo, pois a música ficou mais encorpada o que possibilitou um melhor equilíbrio nos momentos mais densos em que “Francesco Di Giacomo” soltou sua poderosa e teatral voz.

As informações que dei sobre o Banco Del Mutuo Soccorso são poucas, entretanto como a banda será homenageada em diversos blogs ao mesmo, acredito que toda a história dessa banda vá ser contada em mínimos detalhes, portanto, fica o convite a todos a se deliciarem com a obra desta magnífica banda de rock Italiana.


ALTAMENTE RECOMENDADO!!!!

BMS
Francesco Di Giancomo / lead vocals
Vittorio Nocenzi / organs, synthesizers, harpsichord
Gianni Nocenzi / el. and ac. piano, synthesizers, clarinet, recorder
Rudolfo Maltese / el. and ac. guitars, trumpet, French horn and vocals
Pierluigi Calderoni / drums and percussion
Renato D'Angelo / bass, acoustic guitar
Guest musician:
Angelo Branduardi / violin

Tracks:
01. ...a cena, per esempio (6:20)
02. Il ragno (4:55)
03. È così buono Giovanni, ma... (3:32)
04. Slogan (7:23)
05. Si dice che i delfini parlino (5:50)
06. Voilà Mida (Il guaritore) (6:14)
07. Quando la buona gente dice (1:57)
08. La notte è piena (4:14)
09. Fino alla mia porta (4:30)





Confraria dos Blogs ( roubartilhado do VALVULADO):
Contramão Prog Rock - BMS - Garofano Rosso
Som Trimado - Discografia
Som Mutante - Gli Anni Setenta
Nas Ondas da Net - "Come in Un'Ultima Cena" - 1976
Valvulado - Banco Del Mutuo Soccorso (Uma homenagem a Franceso di Giacomo)
(Por enquanto...)

16 comentários:

  1. Fala Gustavo,
    Bela homenagem.
    Já passei pelo SM e vou ver as demais postagens da Confraria.
    Abraços a todos

    ResponderExcluir
  2. Excelente banda! A voz do Francesco era marcante, marca registrado do Banco Del Mutuo Soccorso.
    Sobre as influências, creio que a banda que o Banco mais se assemelha é o Gentle Giant. Só eu percebi tal fato?
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zé,

      Como eu só conheço e pouco este único álbum, eu não tive este sentimento......

      A sonoridade das músicas deste álbum está mais próxima do ELP e do Genesis.......

      Abraços,

      Gustavo

      Excluir
  3. Fala Gus, mais uma vez um post conjunto da Confraria. Obrigado mais uma vez. Uma bela homenagem a este bardo italiano...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Java,

      Foi uma honra poder dividir o BMS com todo os demais blogs...

      Conte sempre comigo....

      Abraços,

      Gustavo

      Excluir
  4. Grande notícia: O Camel voltou para a estrada. Segue a agenda de shows em março. Quem sabe, eles voltam a se apresentar no Brasil. Em 2001, estiveram no Rio de Janeiro e em São Paulo:

    http://www.camelproductions.com/

    CAMEL TOUR 2014:

    All dates confirmed.

    Holland - Amsterdam, PARADISO Sunday, 2nd March 2014
    Holland - Eindhoven, MUZIEKGEBOUW, Monday 3rd March 2014
    Belgium - Gent, VOORUIT (Dutch) (French) Tuesday 4th March 2014
    Germany - Filderstadt/Stuttgart, FILHARMONIE Thursday 6th March 2014
    Germany - Cologne, THEATER AM TANZBRUNNEN Friday 7th March 2014
    UK - Sheffield, CITY HALL, Sunday 9th March 2014
    UK - Birmingham, TOWN HALL Monday 10th March 2014
    UK - Cambridge, CORN EXCHANGE, Tuesday 11th March 2014
    UK - Warrington, PARR HALL, Thursday 13th March 2014
    Portugal - Lisbon, AULA MAGNA, Sunday 16th March 2014
    Spain - Madrid, TEATRO NUEVO APOLO, Monday 17th March 2014
    Spain, Barcelona, BARTS THEATER, Tuesday 18th March 2014
    Italy - Turin, HIROSHIMA, Thursday 20th March 2014
    Italy - Vicenza, TEATRO COMUNALE, Friday 21 March 2014

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande notícia Ricardo!

      Vamos torcer para voltarem ao Brasil logo! Eu vi eles em 2001 em BH e foi demais! Supershow!

      Abraço

      Excluir
    2. Veleu Luciano,
      Não sabia que estiveram em BH. Isso é que se chama estar no lugar certo e na hora certa. Deve ter sido mesmo fantátisco.
      Quando soube que estiveram no Rio, já havia passado da data do show. São eventos pouco divulgados, infelizmente.
      O carro chefe desta nova tournée é a obra prima Snow Goose, novamente editado e agora com uma nova capa.
      Forte abraço

      Excluir
    3. Só nos resta ficar na torcida para que venham ao Brasil....

      Abraços,

      Gustavo

      Excluir
  5. Grande Gustavo! Agora sim! Finalmente uma postagem do magnífico BMS para tentarmos diminuir a tristeza diante o falecimento do grande Francesco. O Come in un ultima cena e um discao recheado de suites progs belíssimas. Se você gostou desse disco ouça em ordem decrescente os anteriores. Eles todos com esse postado são a nata da banda! Vou ser breve porque estou no celular . abraços galera!

    ResponderExcluir
  6. E aí rapaziada? Perdi um post inteiro ... Arght!!!!

    Bom, o BMS veio ao Brasil em 2001 no Rio talvez e não tive a chance de vê-los, e conheci gente que foi nesse showzaço. O fato é que o Rio desde o começo dos anos 2000 foi rota de várias bandas clássicas do prog rock, como BMS, Caravan, Gong, Nektar entre outras, graças a produtoras que estavam e continuam trazendo essas bandas. Eu sonhava um dia ter a chance de ver-los, mas com essa triste notícia, acho que foi -se minhas esperanças.

    Gustavo, o Breu te passou um discaço do BMS que mantém o alto nível dos 3 anteriores cantados em Italiano. Nesse disco o guitarrista Rudolfo Maltese começou a soar sem se parecer com o Frip e compôs e executou uns solos faiscantes que não se ouve nos discos anteriores. Esses 4 discos são o que há de melhor que a banda produziu para mim. Experimente ouvir o terceiro, seguido do primeiro e deixe o segundo - o Darwin por último. Aí você estará preparado para entendê-lo e apreciá-lo. rs

    Quanto as influências do BMS, acho que os irmãos Gianni Nocenzi e Vitorio Nocenzi bebiam nos teclados do ELP, na guitarra do Frip e Genesis. A música Misere Alla Storia me lembra algo como return of the giant hogweed ou can utility and the coastliners do Genesis, pelo som do teclado seguido do solo de guitarra.

    Os músicos do Banco são de altíssimo nível e os irmãos e mestre das teclas, não ficam para trás de Keith Emerson, e Jurgen Fritz de jeito nenhum! E o batera também se destaca e muito!

    Abraços galera!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amigos,

      O BMS chegou tão tarde aos meus aos meu ouvidos que juntamente veio a triste notícia do falecimento de Francesco Di Giacomo.....

      Pelos comentários é possível sentir o quanto a banda agradava e era querida.......

      O importante é que eles tem um forte legado e com certeza a obra já está imortalizada nos anais da história do rock.....

      Um forte abraço a todos,

      Gustavo

      Excluir
    2. Luciano,

      Para mim foi muito legal começar a conhecer o BMS por este álbum, que é muito dinâmico, vibrante e consegue nos remeter a uma fase áurea do rock......

      Chegou tarde em minha vida, mas o que importa é que chegou......

      Agora com calma, vou baixar os demais álbuns para poder conhecer melhor o BMS.....

      Abração,

      Gustavo

      Excluir
  7. Desculpem chegar tarde...desculpem sair fora do tema ( sem desmerecer em absolutamente nada a riqueza e beleza do BMS)

    Mas é que não há lugar melhor para postar esse link do que um reduto que só tem 41 posts do Pink Floyd....

    Mano Véio, desculpa mas esse link é digno de uma resenha a lá By The Pond....Eu nem imaginava que existia no mundo uma coisa dessas.....Simplesmente FANTÁSTICO!!!!!!

    Põe no chinelo muita....mas muita banda que se denomina "profissional"......Cara....o mundo tem jeito.....o rock tem vida...ainda respira!!!

    http://www.youtube.com/watch?v=qYbm096uzEc

    ANC. (Feliz pra Karalho)

    "My eyes are blind, but I can see"

    ResponderExcluir
  8. Amigos, não sei mais o que fazer pq o Zé Colmeia insiste que o Banco é bem parecido com o Gentle Giant.

    Uma solução, por favor!

    ResponderExcluir
  9. Também não consigo ver semelhança Catatau. hehehehehe

    Seja bem vindo Anc!!!!!

    Mas você está mais econômico com as palavras brother!!!!

    Abraços

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails