29 de jun de 2013

PINK FLOYD - "The Amazing Pudding” - 1970

Para quem gosta de sangue, muita porrada e vísceras para todos os lados, basta apenas ter um pequeno contato com “The Amazing Pudding”, mais um bootleg do Pink Floyd, com gravações feitas no idos de 1970, onde a banda ainda um tanto perdida pela prematura perda de Sid Barrett que se afogava nas drogas, nem sabiam, mas começariam a mudar os destinos da história do rock.

A desestruturação interna e o caos formado pela situação em que estavam vivendo, foram os principais agentes transformadores da banda e da personalidade de cada membro, pois com responsabilidade de suprir o gênio inventivo de Sid Barrett o que a aparentemente era uma tarefa titânica e praticamente impossível de ser executada.

Sid Barrett
A história provou o contrário e se Sid Barrett não tivesse saído de cena, provavelmente o enredo que cercou a vida do grupo poderia ter sido outro, imprevisível, melhor ou pior talvez, quem sabe???, mas possivelmente não teríamos um “Atom Heart Mother”; “The Dark Side Of The Moon”; “Wish You Are Here”; “Animals” e quem sabe até “The Wall”.

A espinha dorsal e o cérebro pensante continuariam sob a tutela de Sid Barrett, que inconscientemente abafaria qualquer possibilidade dos demais externarem seu talento, pois sua capacidade criativa era ilimitada, coisa de gênio, um fenômeno natural, que o destino se encarregou de mudar.

A genialidade perdida é incontestável, um lado sombrio da história da banda se formou, porém sua falta se por um lado foi nefasta, algo realmente triste, por outro, os obrigou a liberarem seus demônios, exorcizarem seus medos e principalmente botarem seus neurônios para trabalhar, fato este, que os fez descobrir, que na verdade eles eram vulcões adormecidos, prontos a entrar em erupção a qualquer momento e a necessidade de sobrevivência falou mais alto e o resultado, até certo ponto surpreendente, há muito tempo é conhecido por todos nós.


O Pink Floyd tinha como hábito experimentar suas novas composições, mesmo que em um formato embrionário, bem primitivo, só para testar sua pegada, o impacto que poderia causar e isto, neste bootleg, acontece fortemente com “Atom Heart Mother” sob o pseudônimo de “The Amazing Pudding”, aliás titulo deste bootleg e, com "Us And Them" em “The Violent Sequence” que viria a ser um dos grandes hits de “The Dark Side Of The Moon”, e que alguns anos depois passaria definitivamente a fazer parte de nossas vidas. 

Esse bootleg, não esta restrito a estas musicas, pois tem também, “The Embryo”, “Set The Controls For The Heart Of The Sun”, “Main Theme - From "More”, Careful With That Axe, Eugene”, “Interstellar Overdrive”, “Sysyphus” e “Blues”, ou seja, é o que eu me referia sobre “sangue , muita porrada e vísceras para todos os lados”, pois é exatamente o retrato da banda naquele momento, que só se valiam de sua garra para criar e materializar o que mais gostamos de escutar nos últimos quarenta anos.

Nunca escondi que “Atom Heart Mother” é minha música preferida do Pink Floyd, talvez o início de tudo o que veríamos a seguir, pois representou o corte do cordão umbilical entre a banda e Sid Barrett e por também ser o registro mais visceral e primitivo da criatividade da banda, fundamental para a definição do perfil musical que iram adotar.


O áudio deste bootleg não é dos melhores, mas seu conteúdo sim, é uma preciosidade, um raro registro do processo criativo de um dos maiores expoentes da música.

ALTAMENTE RECOMENDADO!!!!

Pink Floyd:
Roger Waters
Nick Mason
David Gilmour
Rick Wright 

Tracks:
CD 1 
01. Embryo 
02. Main Theme 
03. Careful With that Axe, Eugene 
04. Sysyphus 
05. Violent Sequence 

CD 2 
01. Set the Controls for the Heart of the Sun 
02. The Amazing Pudding
03. Interstellar Overdrive
04. Blues 



19 comentários:

  1. Já baixado e escutando. em breve segue minha resenha. abraços e obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilha Javanes,

      A note passada foi regada a David Gilmour que vocês postaram lá no Valvulado.....

      Abraços,

      Gustavo

      Excluir
  2. Fala Gustavo e navegantes,
    Excelente resenha, mas faltou alguma coisa. Vinha lendo e acho que uma parte se perdeu à partir do seguinte trecho:
    "...tudo o que veríamos a seguir, pois representou o corte do cordão umbilical entre a banda e...."
    Entendi que foi após a saída de Sid Barrett, mas se faltou alguma informação, por favor, complete por aqui.
    Abraços a todos e muito obrigado por este raro registro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo,

      Valeu pelo toque sobre o texto,estava completamente desconexo, pois a nova interface do blogger, as vezes desformata e tira o texto da ordem quando o colocamos....

      Agora você com certeza vai entender o que quis dizer.....

      Valeu meu irmão

      Gustavo

      Excluir
  3. Srs, boa noite.
    Apenas para dar um alô, após algumas semanas fora da área.

    Acesso a internet de tempos em tempos (às vezes, fico semanas), devido ao meu trabalho, e uma coisa interessante desses acessos sazonais, é verificar as mudanças.

    E de uma delas que quero falar... Os blogs estão mais ativos do que nunca. De tal forma que não consigo me atualizar, por serem tantos downloads. Sigo Ondas, Mutante, ProgRockVintage, Contramão, Roderick, Pirata, DirtyFunky, BassGarden, Misic 60-70, Venenos, etc. antigamente (um ano atrás), em duas horas com boa internet, me atualizava... Hoje, são dias!!!!
    Isto é excelente, muito boa música, muito boa gente.

    Mesmo apesar da repressão (DCMA apagou meu post da Rita Lee).

    Um grande abraço a todos.

    ResponderExcluir
  4. Gustavo, o Niacin é espetacular. este último Floyd é muito bom também.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Véio,

    As portas estão sempre abertas... é só aparecer....

    É, o Niacin é muito bom mesmo e o Pink Floyd sempre surpreende, mesmo tanto tempo depois.....

    Abraços velhão,

    Gustavo

    ResponderExcluir
  6. Nunca entendi essa babação em torno de Sid Barret....O primeiro disco do Pink Floyd, é uma miscelânea de ruídos, sons distorcidos, músicas sem carisma, sem emoção, e a voz do Sid nunca foi lá essas coisas...

    Se ele não tivesse se consumido pelas drogas, com certeza Waters acabaria colocando-o pra fora da banda no mínimo por divergências musicais. Tira Astronomy Domine, Arnold Lane e See Emily Play ( que são canções tão boas como White Rabbit e Somebody to Love do Jefferson Airplane) não sobra muita coisa....

    A Entrada de Gilmour, deu ao Floyd o elemento que faltava para a banda se tornar o dinossauro que foi nos anos 70, nem tanto por mérito dele, mas porque como escrevi no Valvulado, Waters conseguia tirar dos demais componentes do Floyd tudo o que eles tinham de melhor.

    Talvez eu venha a ser muito contestado no que vou afirmar agora, mas para mim Sid Barret era um Sid Vicius melhorado....

    Demorou um pouco para o Floyd se livrar das esquisitices de Sid Barret, Ummagumma talvez seja a pior delas.

    Os tortuosos e difíceis caminhos do rock têm lá suas providências....Fato, Jamais existira um D.S.O.T.M e um Wish You Here com Sid Barret no Pink Floyd....

    The Ancient....Agora By Night.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlão meu velho,

      Vamos lá...

      Para ser bem honesto eu nem gosto muito da fase do Sid Barrett e a rigor eu não gosto mesmo, e tudo que disse na resenha é histórico e está escrito naquele livro que eu postei a algum tempo atrás.....

      Ele foi um ícone de sua época e os demais membros da banda, tinham um carinho e um respeito muito grande por ele....

      Ele estava muito a frente de seu tempo e por isso literalmente engoliu os demais e se tornou mito.....

      Mas isso tudo não foi suficiente para que eu gostasse da música dele na mesma proporção de sua grandiosidade....

      Abraços velhão,

      Gustavo




      Excluir
  7. Carlos, Syd Barret tem seus méritos como criador da banda. Na época, não só pelo som psicodélico, mas pelas suas extravagâncias psico-intelectuais e sua personalidade carismática, eram convidados para tocar em toda mostra de pop arte. Nesta época, o cara foi um personagem e ele deixou o PF famoso. Com seu afastamento, a tristeza causada em Waters, inspirou Wish You Here (dedicada a ele, que apareceu nos estúdios de gravação), Shine on You Crazy Diamond e a parte da temática do DSM... Creio que o PF seria diferente sem ele. Concordo que Gilmour e sua maravilhosa guitarra deu outra luz a banda. Mas Syd Barret foi o catalisador.
    Abs

    ResponderExcluir
  8. Não sei Java.....O fato dele montar a banda, na minha opinião não credita a ele a proporção que o Floyd tomou...Quando você tem no meio dessa banda um cara como Roger Waters....A probabilidade da química funcionar seria pouco provável...

    Talvez por Barret já perceber isso tenha se entregado ao ácido...O Pink Floyd nasceu para ser de Roger Waters....Sid é folclore.....

    The Ancient....Agora By Night

    ResponderExcluir
  9. Carlão, estão usando o seu nome no blog: http://blog.dnevnik.hr/zinhof/ ... Na CBOX. Apenas para dar um toque.

    Abs

    ResponderExcluir
  10. Como eu resolvo isso Java????????? Brigado pelo toque!!!!

    ResponderExcluir
  11. Não tem como resolver. Mas seu nome tá virando personagem, hehehehe. Provavelmente alguém viu seu nome aqui no Buteco e o adotou como avatar - troll para se manter anônimo e gozar de um certo respeito do The Ancient. Copy Cat de Serial Bloger...

    Abs

    ResponderExcluir
  12. Carlão,

    Eu dei uma olhada por lá e o cara ta fazendo uma confusão.......

    Precisamos descobrir quem é.....

    Pode até ser alguns desses trolls que dez em quando ficam assombrando a gente......

    Abraços a você e ao Javanes....

    Gustavo

    ResponderExcluir
  13. éééééééé´, bem feito quem manda falar m.... e comparar um sid com outro, tô fora do ar mas sou que nem fantasma, apareço ao acaso e puf!!!!!!!!!

    Anc já é dificil pra tomar conta dar banho, remédios, por pra tomar sol , tira e imagina um clone, agora phudeu...rssss

    Ácido que só. Véio goostei do seu papo, interessante visão e muito didática, sempre atento enquanto esse butequeiro nem o copo dele toma conta, cururu!!!!!!!

    Gustavo vc tá entrando pra categoria de cururu tb comigo e com o Anc,ré,ré,ré

    Gente, amo vcs e vou um post por aí bjs a todos, Lucy, valeu calou a boca de muito marmanjo, beijos chou.

    Enjoy!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Hahahahahahahahahaha.......Era só o que me faltava...um exército de Ancient na net.hahahahahahahahaha!!!!

    Eu que pensei que ia tomar porrada por causa da dupla Syd e Sid.....Até que enfim achei uns caras que concordam comigo...

    A gente precisa ter coragem pra colocar certas opiniões na rede....Essa dos Syds estava entalada faz tempo....O Floyd sempre foi do Roger...Pra ele botar o Barret pra fora seria questão de tempo..

    Dead, esquece....sua praia é aqui agora, a Lucy tomou conta do pedaço no S.M....já era meu....

    REFLEXÃO...COMO É QUE SERIA O KING CRIMSON COM DAVID BYRNE NO LUGAR DO ROBERT FRIPP???????

    Abraço do Ancient.... Agora By Night

    Abraço do Ancient.... Agora all Time

    P.S....preciso parar porque estou assistindo o filme das Spice Girls

    ResponderExcluir
  15. .....E quer saber...Acabo de incluir o Syd Barret na minha lista de Chatos de Galocha....porra o cara era um saco meu!!!!

    Agora deixa eu voltar pro filme.......

    ResponderExcluir
  16. ........Acabou o filme das Spice Girls e agora estou assistindo o Highlander.....Sacaram???????????

    ANC. By Night

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails