17 de jun de 2013

LADYLIKE & BY THE POUND - "Um Concerto" - 2013

A data, 15-06-2013, o local, Teatro Dom Silvério, no coração de Belo Horizonte, no bairro da Savassi, as Bandas, O "LadyLyke" de Tânia Braz e o “By The Pound” com sua atmosfera setentista, o resultado desta química, não poderia ser outro, senão a perfeição, em quase quatro horas de entretenimento que parece que foram uns 15 minutos, pois não vi e nem queria ver o tempo passar.

Vamos aos fatos, pois o local foi simplesmente perfeito, do início ao fim, a começar logo na entrada com uma fila para adentrar ao Teatro sem tumultos, fora isso, o local proporcionou também com abundância, conforto, acústica, iluminação e visão do palco, ou seja, tudo que um artista quer oferecer além de seu trabalho.

Cabe ressaltar o clima familiar que reinou naquele teatro, tendo em vista a alta sinergia formada entre a plateia e o palco, com direito a “Parabéns para você...”, sorteio de CDs, camisetas e um livro sobre o Rock Progressivo Italiano, bem como piadinhas de ambos os lados, só faltando nós da plateia subirmos ao palco para tocar junto com eles, tamanha era a descontração, aliás, aproveito a oportunidade para registrar a “lição de civilidade” que o povo de Belo Horizonte demonstrou em todos os lugares que circulei, e não foram poucos, mesmo em apenas dois dias de permanência na cidade e isso realmente chamou muito a minha atenção. 

Fotos Lady Like por Lucas Scarascia
Engana-se quem pensa que foi uma jornada dupla de um show rock, mas não foi mesmo, foi uma jornada dupla de um "Concerto de Rock", com duas bandas interpretando sofisticados clássicos do rock progressivo, com absoluta destreza, impressionante mesmo. 

A noite de Concertos foi aberta por Tânia Braz e sua banda LadyLike, mesclando músicas próprias e os grandes clássicos do “Renaissance”, como "Carpet Of The Sun" e "Ashes Are Burning", “Rajah Khan” e algumas outras que não me lembro agora, momento este em que Tânia Braz, mostra para que veio ao mundo, pois com uma voz daquelas, “o céu é o limite”, bem como também mostrou um talento muito grande como compositora e letrista, levando-se em conta que suas composições exploraram a existência de universos paralelos ao melhor estilo setentista, fato este só possível de se materializar, com os músicos que a acompanharam, pois sem exceções, mostraram talento, perfeccionismo e uma destreza com seus instrumentos difíceis de ver.

No segundo ato, adentra ao palco, o "By The Pound", que mais uma vez, despejou toda a sua garra e competência, levando ao delírio a plateia presente, pois a música de abertura foi “Watcher of the Skies”, interpretada com precisão cirúrgica, o que a bem da verdade foi um hábito na sequencia eletrizante de músicas que vieram a seguir como, "Can-Utility and the Coastliners"; "Cinema Show"; "Dancing With The Moonlit Knight"; "Get 'Em Out By Friday"; "The Battle Of Epping Forest”; "Can Utility and Coastliners "Musical Box" e para dar o golpe de misericórdia na moçada, "Supper´s "Ready" que em meu conceito, quem se atreve a executar esta última música, e pouquíssimos o fizeram além de seus criadores, é porque já atingiu um grau de talento e maturidade profissional muito acima do que podemos imaginar, simplesmente emocionante.

Propositadamente, escrevi muito superficialmente sobre o evento, mas o motivo é nobre e justo, vocês vão entender, pois nossa querida amiga Luciana Aun, mentora intelectual do blog PROG ROCK VINTAGE, preparou para todos nós, uma detalhadíssima resenha, perdão, resenha não, corrigindo, uma declaração de amor à música, ao rock progressivo e às bandas que se apresentaram ao registrar sua emoção nesta noite memorável, portanto meus amigos, ficam todos vocês CONVOCADOS a comparecer ao PROG ROCK VINTAGE, carregando o “Espírito do Boteco” para lá, para se deliciarem com seu precioso e preciso texto.

A única observação, que faço, vai especificamente para o vocalista do “By The Pound”, Ricardo Righi, que se eu já havia gostado muito de sua atuação no passado, quando o assisti pela primeira vez no RJ, a pouco mais de um ano, agora confesso que fiquei sem palavras, pois sua evolução no palco foi no mínimo surpreendente, beirando a perfeição, pois representar o papel de “Peter Gabriel”, não é uma tarefa fácil para ninguém, pois não basta cantar bem, não é fazer um cover, tem que transferir uma carga de emoção muito forte para levar ao público toda a grandeza da história que está sendo cantada e eu acredito que nem ele tenha se dado conta ainda desta grande evolução e se não comento nada sobre os demais membros da banda, é porque o que eu poderia dizer, já foi dito em postagens anteriores, e o que ainda não havia sido dito, Luciana já o fez brilhantemente. 

Nesta mesma noite memorável, vale registrar que eu tive o privilégio de conhecer a Luciana, pessoalmente, uma figura mais que querida por todos os amantes da música, no qual eu me incluo também e como tudo que envolveu este espetáculo parece que conspirava a favor para realmente ser uma noite inesquecível, o “By The Pound”, no meio da apresentação interrompeu o espetáculo, para agradecer o apoio e a divulgação de seu trabalho, momento este em que fui surpreendido com o carinho da banda em ver o meu nome e o do blog citados no meio de tanta gente importante que diretamente contribuiu para transformar um sonho em realidade, portanto, só resta agradecer muito à banda por essa manifestação tão surpreendente, obrigado mesmo!!!


Teatro Dom Silvério - 15/06/2013 - By The Pound

Créditos: MUSICAL BOX RECORDS

11 comentários:

  1. Sem palavras...
    Foi tudo muito bom e também me surpreendi com os agradecimentos das duas bandas. Não sabia e muito menos esperava por isso. Foi uma surpresa enorme e uma noite inesquecível para BH. Como você mesmo disse, foi uma lição de civilidade pois naquele mesmo local mas em setor diferente, acontecia o show dos Titãs e tudo ocorreu na mais perfeita ordem.
    Sinceramente Gustavo, já tive o privilégio de assistir ao vivo a grandes nomes do progressivo mundial mas esses shows de sábado certamente foram um dos melhores concertos de progressivo que já presenciei. Produção impecável feita por pessoas comuns, que estão ali por pura paixão e fazendo o que gostam!

    Foi um enorme prazer poder conhecê-lo pessoalmente, lamento por ter sido tão rápido mas creio que oportunidades não faltarão.
    Ainda sonho em fazer um encontro em algum canto do Brasil que possa nos reunir novamente na companhia do Dead, Carlos Ancient, Pirata, Ricardo e outros. Seria uma grande honra e um enorme aprendizado pessoal poder encontrar todas essas pessoas juntas em um só dia.

    Agradeço demais sua presença BH! Apareça mais vezes!

    Abração,

    Luciana


    ResponderExcluir
  2. Prezados Capitães e Navegante

    Qualquer coisa que eu me atreva a escrever sobre essa apresentação, jamais chegará ao nível da riqueza de detalhes tão bem narradas por essas ilustres testemunhas oculares.

    Querer acrescentar alguma coisa, seria chover no que já está mais do que molhado.

    Então sobre o que falar???Sobre o que ilustrar??? Como deixar melhor aquilo que já está impecável!!!!!

    Por outro lado, passar por aqui, e contribuir apenas com uma ou duas linhas seria muito pouco diante da importância de tudo o que foi escrito sobre o By The Pound e do LadyLyke

    Sendo assim, a única coisa que me resta, é sair do lugar comum, é fugir como o diabo fugiria da cruz, para não cair nas malhas da mesmice e do óbvio.

    Afinal, não é isso que nos torna diferentes de tudo o que anda circulando por aí???

    Pois bem, segue a partir de agora, todo o meu esforço para dar um toque de mágica no que já foi devidamente resenhado por estas ilustres e carismáticas figuras ( e fiquem à vontade para julgarem como Rasgação de Seda)
    .
    Que dias vivemos hoje???? Sob quais cenários somos submetidos todos os dias nos meios de comunicação para divulgar música e arte???

    A MTV está com seus dias contados...( E já vai tarde) porque acabar com a MTV é o de menos, pior será apagar o rastro que o Edgar, Thunderbird, Soninha, Cuca, Marina Person, Cris Couto, Casé, João Gordo, Marcos Mion, Fernanda Lima, Didi Wagner e outros ilustríssimos anônimos deixaram............

    Uma geração inteira perdida, enfiada em um saco de futilidades e de babaquices...tipo Fica Comigo, Top 10 , MTV na Praia......Vá com Deus MTV e deixe que os mortos enterrem os mortos!!!!

    Se eu for falar dos Esquentas da vida, então eu vou estar maculando um espaço que é uma espécie de Santuário de bom gosto e qualidade....Esqueçam.

    SESC TV .............Deus me livre....Bandas sem lógica, sem pé sem cabeça, ensaios que jamais deveriam sair da garagem.......É como achar a agulha no palheiro.

    FMs....Nevermind.................Falar o que de emissoras que tocam 10 músicas no seu repertório durante 24 horas??? Lobotomia autorizada pelo Ministério das Comunicações

    TV Cultura.....Sinceramente....Quem tem saco para ver aqueles concertos, aquelas sinfônicas???? Do jeito que anda a cultura hoje em dia, é a mesma coisa que apresentar uma aula de cálculo vetorial na televisão....É o caderno de Economia da Folha, que é escrito para ninguém entender,.....Apenas para dúzia de intelectuais...Alías a Folha é publicada para meia duzia de intelectuais....

    Rock’ in Rio, Lollapalooza, ......Festivais......Chuva, barro, bandas desconhecidas, bandas chatas....Fedor.....Ninguém aguenta mais isso...

    Sabem o que está faltando????? Arte de verdade...Beleza, Bondade....

    Existe uma geração ( muito pequena ainda) que já está com o saco cheio dessas fórmulas que década a década só vão se desgastando...O Público quer Beleza, criatividade, coisas diferentes, coisas que não passam nos meios de comunicação convencionais.

    É o que o Mano Véio falou....O povo quer inteligência, família, cantar parabéns, ser notado, subir no palco, poder cantar, abraçar seus ídolos, serem citados, ganhar camisetas, interagir...Quer produção simples, mas bem feita, por pessoas que amam o que fazem..

    Artistas que ora estão no palco encarnando Peter Gabriel, Annie Haslam ora trabalhando, dando duro para ganhar o seu pão de cada dia....Conquistando seu espaço nos Ondas e Progs, que divulgam seu trabalho sem ganharem um puto...

    Porque tão com o saco cheio de coisa medíocre, então quando aparece algo novo e diferente, fazem a parte deles...Aqui neste espaço, só entra quem é bom, quem é sério...

    Eu acredito que chegará uma época que teremos artistas e músicos de verdade, mas que também serão seres humanos, pessoas, que fazem o que gostam sem ter um Rick Bonádio gritando no estúdio dizendo que a música tá muito complicada...Tem que simplificar pra vender.

    Vivemos dias difíceis....

    ResponderExcluir
  3. O País ficou adormecido por mais de 30 anos assistindo tudo acontecer de forma passiva, cantando as músicas do Renato Russo, enchendo as festas de Peão de Boiadeiro, correndo atrás do Trio Elétrico, do Bonde do Tigrão, cultuando peito e bunda, limando a criatividade por meio das mesas de DJs, lotando bailes Funk....Pobre música e cultura negra....

    Como disse o Dead, filhinhos de “mamãe” e “papai” que tiveram todas as chances de estudarem nas melhores escolas, nas melhores faculdades...Pra quê???? Para transformarem o país nesta porcaria??? Pra faltar remédio, segurança, justiça, e sobrar impunidade, e impostos????

    Lembra que eu disse????

    Quem são esses caras que estão aí???? São os que pintaram a cara para tirar o Presidente e depois pintaram as nossas de palhaços...É essa geração que está no poder hoje.

    Agora tem uma outra que sae nas multidões para revindicarem o quê???? R$ 0,20 de reajuste no preço do ônibus???? A geração dos vinte centavos, a geração do que se contenta com pouco, a geração do “agora coloca no pacote e vamos ver no que vai dar”

    Uma parte destes caras pegaram tudo o que seus pais pagaram de estudo para eles e transformaram nosso país nesta porcaria que está aí..

    .A outra resolveu sair pras ruas por causa de R$ 0,20...Patético....Adiaram o protesto de quarta por causa do jogo do Brasil...Essa é a Geração dos Vinte Centavos

    Uma geração desprovida de ideal, de lideres, de direção....Vamos ver até quando isso vai durar, e no que via dar....Provavelmente uma capa de Veja, uma semana de Datena, uma matéria no Fantástico e tchau......

    Uma geração que com tudo o que aprenderam nos “Anglos e Objetivos” da vida, nos cursinhos Dose pra Leão nos famigeradas vestibulares para as Federais, desprezaram todos os fundamentos e leis da física para se encurralaram em uma casa noturna e morrerem de forma covarde, pisoteados, asfixiados tal qual uma armadilha do Jigsaw...Pra quê????

    Para assistirem a Banda Gurizada, onde um dos boçais integrantes, de forma inadvertida dispara um artefato inflamável sobre suas próprias cabeças...E roubando de forma estúpida e desnecessária a vida de 240 adolescentes......

    Desculpem meu ceticismo, meu habitual pessimismo, mas se tem uma geração que vai fazer a diferença neste país, não é aquela que estava na Boate Kiss.......

    Eu aposto minha vida que se alguém, tiver que fazer a diferença, para o futuro deste país com certeza será essa minoria que estava em BH, vendo essa belíssima apresentação tão bem descrita pelo Gustavo e pela Lu....

    É pura questão de bom senso...Lógica....Matemática e inteligência....Ou alguém aí acredita que Ricardo Righi cometeria a estupidez de acender um rojão no final de Supper’s Ready....

    A música é sempre uma alegoria, um pano de fundo....Mas que ela faz uma puta diferença, isso faz....

    ABRAÇO.....FORÇA...SUCESSO

    The Ancient.....Agora By Night

    ResponderExcluir
  4. Vejam essa crônica.....E tirem suas conclusões!!!

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/antonioprata/2013/06/1297427-a-passeata.shtml

    ResponderExcluir
  5. Outro

    http://f5.folha.uol.com.br/televisao/2013/06/1297113-apos-perder-metade-dos-funcionarios-mtv-tera-destino-definido-em-outubro.shtml

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlão,

      Esta está fora do ar... não possível ler.....

      Uma pena...


      ABraços,

      Gustavo

      Excluir
  6. Olá, amigão.....

    Acabei de disponibilizar no 4share a versão FLAC do trecho do show postado acima!!!!!!!!!!!!!

    Bom divertimento a todos.

    http://www.4shared.com/file/UnFFBtna/By_The_Pound_-_BH.html

    Rafael Pereira - SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bela gravação Rafael!
      Tomei a liberdade de criar um novo link já que alguns não tem acesso ao 4shared. Tem problema?
      Você foi a esse show?
      Obrigada por disponibilizar o link em FLAC, já que a qualidade é impecável.

      Luciana Aun
      www.progrockvintage.com

      Excluir
  7. Olá, amigos e amiga.....

    Claro que não....num momento em que a cultura musical brasileira ultrapassa a barreira do fundo do poço, qualquer tentativa de incentivo a VERDADEIRA ARTE, deve ser aplaudido de pé!!!

    Infelizmente não fui ao cinema-show... apenas "peguei" o arquivo de vídeo disponibilizado neste post e transformei em FLAC para um resultado sem perdas...

    Can-utility And The Coastliners:

    The scattered pages of a book by the sea
    Held by the sand and washed by the waves
    A shadow forms cast by a cloud,
    Skimming by as eyes of the past, but the rising tide
    Absorbs them effortlessly claiming.

    They told of one who tired of all singing,
    "Praise him, praise him."
    "We heed not flatterers," he cried,
    "By our command, waters retreat,
    Show my power, halt at my feet."
    But the course was lost,
    Now cold winds blow.

    For from the north, overcast ranks advance
    Fear of the storm accusing with rage and scorn.
    The waves surround the sinking throne
    Singing "Crown him, crown him."

    "Those who love our majesty show themselves!"
    All bent their knees.

    But he forced a smile even though
    His hopes lay dashed where offerings fell.

    Nothing can out peace destroy as long as no one smiles.
    More opened ears and opened eyes,
    And soon they dare to laugh.

    See a little man with his face turning red
    Though his story's often told you can tell he's dead.

    a tradução:

    A CAIXA-DE-UTILIDADES E OS VELEJADORES

    As páginas espalhadas de um livro pelo mar
    Estão presas na areia, banhadas pelas ondas
    Uma sombra se forma moldada por uma nuvem
    Deslizando se como olhos do passado
    Mas a maré nascente absorve-os invocando facilmente

    Falam sobre alguém que se cansou de tudo, cantando
    "Glorifique-o, glorifique-o".
    "Não damos atenção a bajuladores", ele gritou
    "Ao nosso comando, as águas recuam
    Demonstram meu poder, param aos meus pés"
    Mas a causa foi perdida
    Agora os ventos frios sopram.

    Bem longe ao norte camadas nubladas avançam
    O medo da tempestade revela fúria e desdém
    As ondas cercam o trono em naufrágio
    Cantando "coroe-o, coroe-o"
    "Aqueles que amam vossa majestade apresentem-se!"
    Todos se curvam de joelhos.

    Mas ele força um sorriso e apesar de tudo
    Suas esperanças foram lançadas
    Onde os sacrifícios são derrubados.
    "Nada pode destruir a minha paz,
    Contanto que ninguém sorria".
    Ouvidos e olhos bem abertos
    E em breve eles serão desafiados a rir.

    Veja um homenzinho, seu rosto ficando vermelho
    Apesar de sua história ser conhecida
    Você pode dizer que ele está morto.

    Abraços

    Rafael Pereira - SP

    ResponderExcluir
  8. Olá galera do ondas,

    Estou 2 posts atrasados (Yes e esse) e com pouquíssimo tempo escrever aqui. Vou rápido então.

    Gustavo, te procurei às cegas lá no teatro Dom Silvério. Estava com minha namorada ao lado, e tinha um cara do Rio na minha frente filmando tudinho com uma câmera e ele conversou algumas palavras com amigos meus que estavam lá. No final não resisti - perguntei: " - Você chama Gustavo?!" Ele riu e negou... (rs) Aí conversei alguns minutos com ele, e ele falou que adorou o show, que era amigo de um amigo meu... E eu falei que tinha gostado muito do show e que acreditava que todos gostaram, e me despedi.

    Bom, meu depoimento rapidamente agora: Gostei muito da Lady Like e achei maravilhosa a voz da vocalista. Elogiar muito nem é necessário mais agora. Mas a execução dos clássicos do Renaissance foi perfeita. Nota por nota, timbres nota 10, foram perfeitos além até do que se encontra em partitura.

    By The Pound: Showzaço! Execução impecável! Idem acima! Só não gostei de uma coisa que roubou um pouco o prazer - volume muito alto pelo menos de onde estava, e principalmente dos vocais e algumas partes do teclado! Tirando isso, foi perfeito pra mim!

    Espero que este espetáculo se repita com mais frequência em BH e outras cidades! Pois escutar rock clássico em BH hoje está difícil viu?!!!!!!!

    Abraços

    Luciano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciano,

      Eu fiquei sentado na terceira fileira junto ao palco pelo lado direito, logo atrás da família do André Boechat e você provavelmente estava na quarta fileira ao centro, pois o cidadão "Carioca" que filmava, estava na mesma fileira que eu, só que ao centro, mas não faltará oportunidade para nos conhecermos pessoalmente...

      Eu consegui conhecer a Luciana Aun e conversei com alguns membros da banda ao final da apresentação.....

      Realmente foi uma grande noite.....

      O concerto foi excelente, tanto por parte do LadyLike quanto do By The Pound que realmente deu uma demonstração de talento e virtuosismo fora do normal, o que mostra que a banda é um ponto fora da curva, uma rara exceção que merece muita atenção e já está mais que na hora deles terem um cd ou dvd editados.....

      Eu também achei o som um pouco alto, mas como estava muito próximo de uma das torres de som, acho que isto é um fenômeno normal....

      Abraços velhão...

      Gustavo

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails