15 de mar de 2012

GENESIS - “Some Of You Are Going To Die” - 1973

Influenciado pela apresentação da banda “By the Pound” no último domingo no Rio Prog Festival, onde as peças mais lindas e complexas do Genesis foram interpretadas, bateu aquela vontade danada de escutar alguma coisa da banda homenageada. 

Bem, foi só dar uma fuçada na net, que logo apareceu um bootleg que eu não conhecia, intitulado, “Some of you are going to die”, a rigor um título um tanto funéreo, gravado entre janeiro e fevereiro de 1973 e o mais legal de tudo, é que se não estiver enganado, praticamente todas as músicas deste bootleg, foram apresentadas pelo “By the Pound" o que foi uma puta coincidência. 

Este álbum é uma edição limitada, onde só foram produzidas 1.000 unidades, segundo o que consta na contracapa e está com uma gravação muito boa, fora o fato de que as músicas são de um período muito especial que a banda passava, ou seja, um convite irrecusável para passar mais de uma hora em contato com o que há de melhor em termos de qualidade, de sofisticação que uma música de vanguarda pode oferecer. 

E por falar em vanguarda, eu já perdi a conta a muito tempo de quantas vezes eu possa ter escutado, por exemplo, “Supper’s Ready”, a suíte principal da banda, com seus mais de vinte minutos, que mais parecem dois, tendo em vista a sua dinâmica que não permite distrações.

Esta técnica garante uma viagem muito louca, que vai dando um aperto muito forte no coração quando seu final apocalíptico vai se aproximando, dando a impressão de que quando acabada, nunca mais vai ser tocada. 

Pode parecer delírio ou insanidade de minha parte, mas honestamente é o que sinto, mas por outro lado, este fenômeno pode estar associado ao fato da sua atemporalidade, onde a cada minuto que passa, vai tornando-se mais atual e novas nuances de seu enredo vão sendo reveladas, perpetuando sua existência. 

Em relação ao set-list deste álbum nós temos além de “Supper’s Ready”; ;”Watcher of The Skies” “The Musical Box”; “Get Em Out by Friday”; “The Return of The Giant Hogweed” e “The Knife”, portanto, estamos diante de um elenco de músicas que caracterizam o momento mais criativo que o Genesis passou, mesmo que ainda, álbuns como “Selling England by the Pound” e “The Lamb Lies Down On Bradway” que são sensacionais também e que ainda não existiam neste momento, também iriam fazer muito sucesso, mas lentamente começariam um processo de distanciamento da teatralidade musical que permeou o trabalho da banda até a saída prematura de Peter Gabriel do Genesis

Aproveitando esta resenha, pois tem tudo a haver com o assunto, não posso me furtar ao direito de reparar uma injustiça por mim cometida na resenha anterior sobre o “By The Pound”.

Eu deixei de mencionar a execução de “The Fountain Of Salmacis”, pois foi a primeira vez que a escutei tocada por outra banda que não o Genesis e posso assegurar que o resultado foi surpreendente, levando-se em consideração que é uma das peças mais complexas da banda. 

Muito bem, justiça feita, só falta recomendar o álbum, “Some of you are going to die” a todos os amantes da boa música, do rock progressivo e do Genesis.

ALTAMENTE RECOMENDADO!!!!


Genesis:
Peter Gabriel – lead vocals, flute, oboe, percussion
Phil Collins – drums, percussion, backing vocals,
Tony Banks – piano, keyboards, backing vocals
Steve Hackett – lead guitar
Mike Rutherford – bass guitar, bass pedals, rhythm guitar, electric sitar

Tracks:
01 - “Supper’s Ready” 
02 - ”Watcher of The Skies”
03 - “The Musical Box”;
04 - “Get Em Out by Friday”
05 - “The Return of The Giant Hogweed”
06 - “The Knife”


“Supper’s Ready”

”Watcher of The Skies”

4 comentários:

  1. André, de novo, falando pelo BTP:
    Não por acaso tocamos todas as músicas desse disco em nosso show!
    O "espetáculo" apresentado no Rio domingo passado foi nosso show "ERA: Do Apocalipse ao 9/8" (http://www.youtube.com/watch?v=Gme_t3k_uc0) em homenagem aos 40 anos da turnê do Foxtrot. Tocamos basicamente o que rolava nos shows do Genesis em 72-73.
    E sabemos o que acontecia por conta do belo trabalho que blogueiros como você fizeram em distribuir o fabuloso material de bootlegs do Genesis ao vivo.
    Quem sabe, ano que vem não poderemos voltar ao Rio com uma homenagem ao Selling England...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André,

      Eu já tinha assistido esse vídeo, que ficou muito legal....

      Eu espero que antes disso vocês voltem ao Rio e que possam se apresentar em um teatro, o que seria muito mais adequado a proposta de vocês....

      Mas de qualquer forma, se forem fazer algum show em BH, me avisem, pois como eu fico entre o RJ e SP o tempo todo, é muito fácil ir até ai....

      Poxa o Selling England... para mim é emblemático, pois foi um dos primeiros que eu escutei do Genesis......

      Seria muito legal poder assistir vocês interpretando este trabalho.....

      Fico aqui na torcida....

      Grande abraço,

      Gustavo

      Excluir
  2. Pois é Mano Véio...Quem aparece sempre é vivo!!!!!

    Embora distante por razões profissionais, estou sempre ligado nesse blog que já faz parte da minha "ciberlife"

    Eu lí sua rezenha sobre o BTP e gostaria de acrescentar, que diferente do Musical Box Project, eles fizeram algo extremamednte original, em cima de um material que por sí só já nasceu original e ateporal....Eu só discordo de você quando voce diz que a música do Gênesias permanece atual....Discordo (amigavelmente) por dois motivos...

    Para ser atual, é necessário que alguem ou alguma "entidade", esteja fazendo algo semelhante nos dias de hoje...E nós dois ( e mais um meio milhão de seguidores do rock progressivo - ( mais o Fisch)...) sabemos que ninguem está fazendo algo semelhante há muito tempo....Muito menos nos dias de hoje!!!!

    E segundo....nem na década de 70 a música do Genesis poderia ser considerada atual....O Genesis de Peter Gabriel é algo musicalmente falando indescritível, fora de qualquer ciclo ou movimento...daqui a 200 anos soará como sempre foi e será...Perfeito demais para se classificar.

    ...Em tempo...a presença feminina no palco sempre torna qualquer apresentação muito mais charmosa....

    ABRAÇO...FORÇA....SUCESSO....

    Carlos..."THE ANCIENT"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlão,

      Quanto tempo Véio....

      Pensei que você tinha desistido de mim..... hahahaha....

      Carlão, foi um puta show que o BTP deu, coisa rara, fantástico...

      Só quem esteve lá pode entender o que estou falando....

      Bem, relativo à música do Genesis continuar atual e se renovar, depende de cada ponto de vista....

      O seus dois pontos de vista estão absolutamente corretos e eu até concordo, mas eu tenho outros pontos de vista que são justificam o meu sentimento ....

      Enquanto houver material oficial disponível à venda nos grandes centros de consumo, e isto é fato,vai significar que são os jovens que o estão adquirindo, pois nós que vivemos na época já adquirimos o nosso a muito tempo atrás....

      Outra razão você mesmo já deu, daqui a 200 anos vai soar como sempre foi e estará muito viva e atual, independente de estar sendo toca ou não por semelhança de estilo....

      E se isto não está acontecendo agora é por falta de coragem e de talento, por isso fiquei muito impressionado com o BTP, pois eles esbanjaram os dois predicados....

      O show do BTB é prova que a música é atual, pois não só a banda é formada por jovens, como também a maioria das pessoas que lá estavam não passavam dos 35 anos.......

      O negócio Carlão, é que a música do Genesis é atemporal, é de vanguarda e como você mesmo disse, independente do nome do movimento ou dá época em que estiver sendo tocada, vai soar como algo do momento......

      Estas músicas feitas a quarenta anos atrás, venceram, o punk rock, o New Wave, o Grunge e qualquer outra baboseira que tenha surgido pelo caminho.....

      Alguém ainda lembra de Sex Pistols.........???

      Estes movimentos tiveram vida curta, pois produziram uma música descartável que atendeu a uma demanda de momento e naturalmente se extinguiram......

      Véi, falei demais para o meu tamanho, mas é tão difícil poder conversar e trocar idéias com alguém sobre música que acabei me empolgando....

      Mas Carlão, que bom que você apareceu por aqui e espero que possa retornar mais vezes muito em breve......

      Volte Sempre!!!!

      Grande Abraço,

      Gustavo

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails