23 de nov de 2011

YES -“Autumn Tour Europe” - 2011

Eu evito postar seguidamente álbuns do Yes aqui no blog, para não ficar repetitivo e dar impressão de certa especialização no assunto, mas não tem jeito, pois toda hora entro em rota de colisão com alguma novidade e ai, o amor pela banda fala mais alto, restando apenas dividir com todos.

Como eu gosto das coisas muito transparentes, faço questão de dar todos os créditos desta postagem ao blog, “Leonardinsky 2.1”, que primeiramente postou e resenhou brilhantemente o bootleg, “Autumm Tour Europe”, gravado em Barcelona, Espanha no dia 5 de novembro de 2011.

Faço questão de indicá-lo como um dos melhores blogs da internet, sendo uma parada mais que obrigatória, tendo em vista o enorme acervo musical disponibilizado por lá. 

Conhecer este bootleg é uma boa maneira para atestarmos como é o comportamento da banda sem Jon Anderson, mas principalmente sem a presença de Rick Wakeman que fazia a integração dos arranjos, bem como criava a atmosfera que as músicas do Yes necessitam. 

Eu só escutei uma única vez este bootleg e não seria justo emitir uma opinião ou mesmo comentar uma música ou outra, mas posso assegurar que o que escutei, eu gostei o suficiente para estar querendo ser mais um, a dividir este material. 

Obviamente o foco foi o divulgar o álbum “Fly From Here”, onde teoricamente não há nenhum problema quanto à apresentação, pois a base do grupo é a mesma do álbum de estúdio, o que de certo modo acontece com as músicas extraídas do álbum “Drama”

As demais músicas é que merecem uma atenção maior, pois não é para qualquer um, executar peças como, “Yours Is No Disgrace”, “And You And I”, “Starship Trooper” e mesmo “Roundabout” que um pouquinho menos sofisticada, tem um grau de dificuldade muito grande, pois são composições da era de ouro da banda. 

No mais, deixo por conta do gosto e da imaginação de quem se aventurar a escutar mais um trabalho do Yes, que mesmo com toda as polêmicas que rolaram nestes mais de quarenta anos de palco, continua a ser uma das mais amadas do rock progressivo, independentemente de todos os problemas que tenha passado.

ALTAMENTE RECOMENDADO!!!!

YES:
Benoit David -  vocals, acoustic guitar and bongos 
Geoff Downes -  keyboards
Steve Howe -  guitars
Chris Squire - bass and pedals, vocal
Alan White -  drums and electronic percussion


Tracks:
01. Intro: Young Person's Guide to the Orchestra (3:38)
02. Yours Is No Disgrace (13:24)
03. Tempus Fugit (false start) (1:36)
04. Tempus Fugit (6:22)
05. I've Seen All Good People (7:34)
06. Life On A Film Set (5:27)
07. And You And I (11:37)
08. Steve Solo: Solitaire (3:59)
09. Steve Solo: Clap (3:56)
10. Fly From Here: Overture (1:55)
11. We Can Fly From Here (6:01)
12. Sad Night at the Airfield (7:05)
13. Madman at the Screens (5:15)
14. Bumpy Ride (2:14)
15. We Can Fly (Reprise) (2:25)
16. Wonderous Stories (4:55)
17. Machine Messiah (12:06)
18. Owner Of A Lonely Heart (6:13)
19. Starship Trooper (12:34)
20. Roundabout (10:23)
21. Into The Storm (Live at Symphony Hall, Birmingham 11th Nov. 2011) (7:52)



LINK

"Fly From Here"

"Starship Trooper"

10 comentários:

  1. Gustavo, coincidentemente eu tinha baixado este bootleg hoje de tarde antes de ver o seu texto sobre ele! Esse boot é muito bom mesmo, e o som está com qualidade acima da média! Agora se me permite ser crítico, eu não vejo muito com bons olhos o Geoff Downes executando clássicos do Rick Wakeman! Acho que ele tem uma mão meio dura! Acho que os caras poderiam ter escolhido o Oliver Wakeman para continuar com eles... Ele levava os clássicos muito bem levados, assim como o Tom Brislin e o Igor Khoroshev também levavam com o pé nas costas. Mas o Tonny Key e o Geoff Downes derrapam... Apesar de eu gostar do Drama... Impressões pessoais, claro!---Luciano

    ResponderExcluir
  2. Prezado Mano Véio...Não tem jeito..Yes é Yes e acabou...dá mais certo você montar um blog só da banda e continuar com o Ondas..é mais justo!!

    Leonardinsky é parada obrigatoria pra quem ama o Yes. Existem fãs do Yes e fãs do Yes de Anderson e Wakeman...Eu sempre fui fã do Yes.

    Benoit David tem qualificação artística para interpretar as músicas da época de Jon Anderson e ponto..Quantos caras existem por aí com esse talento???? Eu só conheci dois, Trevor Horn no estúdio foi magistral e Benoit David é fantástico no estúdio e ao vivo a prova está aí neste post acima...

    Geoff Dowenes jamais será Rick Wakeman
    , mas o trabalho dele em Drama e Fly From Here está a altura do elevadíssimo padrão de qualidade do Yes.

    Concordo que Tom Brislin é du caralho ( onde acharam esse cara???) e Tony Kaye é simplório demais para tocar o material do Yes.

    Mano Véio...Continua com o Ondas e abre uma filial só para o Yes...

    ABRAÇO...FORÇA...SUCESSO!!!!

    Carlos "The Ancient"

    ResponderExcluir
  3. Luciano,

    Eu já escutei alguma vezes o bootleg e agora eu to gostando mais dele.......

    Sua crítica quanto a Geoff Downes é valida, pois encontrar um substituto para Rick Wakeman não é uma tarefa muito fácil......

    Mas de forma geral o álbum tá bem legal e que ouvir vai gostar.......

    Abraços,

    Gustavo

    ResponderExcluir
  4. Carlos, meu irmão....

    Com um blog feito o Leonardinsky, quem vai precisar de um "Nas Ondas do Yes...." ???? hahahaha

    Sem contar o fato que eu mal to dando conta deste.......

    A rigor eu nem deveria ter postado este álbum aqui..., mas eu não resisti a tentação de tê-lo aqui no blog......

    Basta eu ver o "Yes Logo" em algum bootleg, que bate um treco inexplicável e aí eu tenho que escrever algumas bobagens para passar a fissura....

    Em 1975 eu tive o primeiro contato com a banda e logo com o "Tales From Topographic Oceans", daí por diante, virou uma paixão incontrolável......

    Suas impressões sobre Benoit David, Geoff Downs e Tom Brislin que infelizmente só participou de um álbum estão absolutamente corretas.....

    Eu só acho que Geoff Downes não é páreo para Rick Wakeman e aliás, acho muito difícil que tenha algum.....


    Meu véio, aquele abraço......

    Gustavo

    ResponderExcluir
  5. Maninho.Seu Blog tem algo que não ví em nenhum blog na rede..( e olha que eu navego muito!!!)....Carisma!!!!!!!!!!!!

    Eu sei o que você quer dizer quando vê alguma coisa com o logo do Yes,,,,

    Na época que Rick Wakeman veio para o Brasil pela primeira vez, meu irmão entrou no quarto..( eu estava ouvindo o álbum Eldorado da Eletric Light Orchestra) e perguntou para mim:

    - Você sabe qual é a maior banda do mundo?

    Eu respondi que não sabia...aí ele disse:

    - É o Yes...só pra você ter uma idéia, quem toca teclado nela é o Rick Wakeman!!!

    Aí véio...o resto é história!!!!!!!!!

    Pra ser fã do Yes não é pra qualquer um...só Deus sabe o quanto sofri na década de 80 com Trevor Rabin, Tony Kaye e aquele cabelo do Chris Squire....

    ABRAÇO...FORÇA....SUCESSO...

    Carlos "The Ancient"

    ResponderExcluir
  6. Meu irmão,

    A parada é a seguinte: O Yes, Rick Wakeman e Cia.., são como um vírus (do bem) e quando instalados, não há cura (que bom), não tem antídoto (melhor ainda), é uma coisa incontrolável e eu sei muito bem o que é isso....

    Quanto ao "Carisma", muito obrigado mesmo, mas se ele realmente o tem, fica por conta de todos que o acessam e contribuem com comentários, críticas e tudo mais, pois ninguém consegue fazer nada sozinho.....

    Abraços,

    Gustavo

    ResponderExcluir
  7. Gustavo,

    Posts do YES para mim são sempre bem vindos. Pois já deu para perceber que sou maluco pela banda como vocês! rs

    E o Carlos disse tudo referente ao carisma do blog!

    Abraços --- Luciano

    ResponderExcluir
  8. Luciano,

    O melhor de tudo isto, é saber que eu não estou sozinho nesta loucura......

    Como já havia dito logo acima, este "carisma" só existe por conta de todos que aqui frequentam e doam suas experiências é idéias, pois eu sozinho não consigo nada.......

    Abração,

    Gustavo

    ResponderExcluir
  9. Prezados Yesmans,

    Vou disponibilizar para quem quiser o link do cd duplo, novo, ao vivo do Yes da turnê de 40 anos dos caras com o Oliver Wakeman que acabou de ser lançado no dia 29/11/2011!

    Está em 256 kps e não consigo imaginar a qualidade melhor, bem como não consigo imaginal o "Conteúdo" do cd melhor do que está. Portanto divirtam-se.

    http://www.filesonic.com/file/4051405424

    Depois faça um texto para o disco Gustavo! Taí a dica!--

    Se der problema com o link me avise.

    Luciano

    ResponderExcluir
  10. Luciano,

    Valeu mesmo, pela dica, afinal, trata-se do Yes.........

    Sábado ou domingo eu posto no blog....


    Abração,

    Gustavo

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails