2 de nov de 2011

MARILLION - "The Kindergarten Patrol" - 1982

O Marillion se apresentou no “Marquee Club” em vinte e oito de outubro de 1982, fazendo a turnê “Market Square Heroes” onde era divulgado seu primeiro o álbum, “Script for a Jester’s Tear”, obra prima da segunda geração do Rock Progressivo e que acabou por gerar este bootleg intitulado, "The Kindergarten Patrol"

Independente de semelhanças evidentes encontradas entre Fish e Peter Gabriel e do próprio Marillion em relação ao Genesis, observa-se qualidades indiscutíveis no trabalho do grupo, principalmente na primeira fase da banda ou “Era Fish”

Um fato bem marcante é a qualidade de seus músicos, sem exceções, cada qual desempenhado sua função de maneira irrepreensível, resultando em peças musicais de grande apelo e qualidade, podendo ser colocadas lado-a-lado com peças de mesmo gênero da década de setenta. 

A música “Grendel”, uma suíte de quase uns vinte minutos, ficou fadada a aparecer oficialmente alguns anos depois de sua criação no álbum, “B’sides Thenselves”, justamente por conta de seu tamanho e conteúdo temático, é um bom exemplo que define a vocação da banda para o rock progressivo.

Assim como “Supper’s Ready”, a música “Grendel” é um prêmio para seus criadores, pois da oportunidade para que todos mostrassem seu talento e criatividade tendo em vista, que foi concebida com uma complexidade musical extrema, pois há uma variância rítmica e temática muito bem construída, mas que obriga a seus executores a exercitarem seus limites. 

E é justamente disto que o rock progressivo se alimenta, além das construções temáticas de arranjos e letras que de alguma forma proporcionam a tão sonhada viagem musical que sempre estamos buscando, seja em um solo de guitarra ou de um  teclado ou mesmo ainda, nas letras que contam algum fato histórico ou alguma história de ficção. 

Mas o Marillion não está limitado a “Grendel”, pois os dois primeiros álbuns, “Script for a Jester’s Tear” e “Fugazi”, têm um invejável conteúdo, com músicas surpreendentemente muito bem elaboradas, como “He Knows You Know”, “Forgotten Sons”, “Assassing”, “Incubus”, “Fugazi” e várias outras, que são dotadas de um poder de atração muito forte, deixando estes trabalhos em uma condição muito favorável perante outras bandas. 

Vale destacar também que tanto Steve Rothery, bem como Mark Kelly, se tivessem nascidos uns dez anos antes, com certeza teriam um lugar garantido em qualquer grande banda da primeira fase do rock progressivo, pois talento e virtuosismo são duas qualidades que sobram nos dois. 

Fish é uma figura polêmica com um talento nato para a música e que teve como fonte de inspiração em todos os sentidos, Peter Gabriel, aliás,  escolha esta, que não poderia ter sido melhor, pois se há um bom exemplo de figura humana, artista e músico a ser seguido, este com certeza e Peter Gabriel, portanto, Fish tornou-se um músico muito melhor.

ALTAMENTE RECOMENDADO!!!!


Musicians:
Fish - Vocals
Steve Rothery - Guitar
Pete Trewavas - Bass
Mick Pointer - Drums
Mark Kelly - Keyboards

Tracks:
01 The Garden party
02 He Knows You Know
03 The Web
04 Grendel
05 Chelsea Monday
06 3 Boats Down From the Candy
07 Forgotten Sons
08 Market Square Heroes
09 Audience Cheering
10 Margaret

LINK

"Grendel - PT1"

"Grendel - PT2"

"Market Square Heroes"

3 comentários:

  1. Gustavo, por volta de 1988/ 89 conheci o Rock Progressivo, especificamente através do Marrilion ao ouvir o vinil lagazza ladra e desde então virei fã incondicional da banda e o vinil quase furou! Não consigo entender o pré conceito que certos fãs de Rock Progressivo tem com o Marrilion argumentando que são cópia de Genesis. Eu entendo como uma influência, pela semelhança entre Fish e Gabriel como você falou, mas até hoje nunca escutei uma frase musical do Marrilion que foi "roubada" do Genesis. É uma bandassa e já tive o privilégio de vê-los ao vivo em 1997 em BH com o sucessor do Fish - Hogan. Eu compreenderia um pre conceito com a fase Hogan, aí sim! Não é mesmo?---Luciano

    ResponderExcluir
  2. Luciano,

    Sua colocação está absolutamente correta, pois o Genesis é um ícone de uma geração, portanto ele servir como uma influência positiva, não há nada de errado com isto....

    Quanto a segunda fase do Marillion, com excessão dos primeiros três álbuns, a banda ficou Pop demais, perdendo sua identidade e alguns fãs, porém, deve ter ganho outros fãs com um gosto mais chegado ao Pop.....

    É isso aí.....

    Abraços,

    Gustavo

    ResponderExcluir
  3. Queridos e amados amantes não do rock progressivo, mas do tipo de música mais inteligente e criativa que existe....A verdade é uma só..O Marillion de Fish foi muito, mas muito melhor que o Yes de Trevor Rabin,que o Genesis de Phill Collins, que o Pink Floyd de Gilmour, melhor que o Asia, melhor que o introspectivo King Crimson do introspectivo Bob Fripp, e por fim.....melhor que muita coisa dos anos 70 que tentou ter sobrevida na década de 80.

    Eu atribuo os 4 albuns de estudio do Marillion, o Moving Pictures do Rush, Time to turn do Eloy e O album Drama do Yes ( isso mesmo mano véio querido) os melhores álbuns de rock progressivo da década de 80.

    Fish teve a sorte de ter o timbre de voz de Peter Gabriel..o resto é puro talento e carisma!!!

    As apresentações do Marillion na década de 80 com Fish à frente dos vocais são tão dramáticas como as do Genesis nos anos dourados..E por fim, Misplaced Childhood é a versão anos 80 do Marillion para Supper's Ready...só que em dois lados.

    Agora essa é pra você "mano mais veio e mais querido do que nunca"...Acredite no que eu vou falar, porque pra você eu nunca vou mentir...Ouça Marbles do Marillion,...Ouça The Invisible Man...Pesquise a performance desta música ao vivo ( ache o video )Posso te garantir que desde Musical Box, eu não via algo de tão expressivo e emocionante no cenário progressivo..mérito total de Hogarth....

    Depois disso tudo, você vai concordar com o que eu vou te dizer..Marbles é disparado o melhor disco de Rock Progressivo da primeira década do novo Milênio...

    Eu já te dei o álbum Drama de presente...você retribuiu com Pendragon..Agora te dou outra obra prima...ouça...veja...depois me diga!! você merece!!!!!

    ABRAÇO!!!!!!!!FORÇA!!!!!!!!!SUCESSO

    CARLOS.."THE INVISIBLE MAN"

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails