11 de out de 2011

RICK WAKEMAN - "Live at Koseinenkin Hall, Osaka" - 1975

Em janeiro de 1975, Rick Wakeman excursionava, pelo Japão para divulgar seu último álbum, “Journey tho the Center of the Earth” e na cidade de Osaka, apresentou-se no “Koseinenkin Hall”, deixando a plateia boqueaberta. 

E não é para menos, pois afinal de contas, o que Rick Wakeman estava apresentando ao povo Japonês, era no mínimo uma novidade, tendo em vista a união de uma banda de rock com um coro e uma sinfônica, criando uma contagiante atmosfera nunca vista. 

Na época desta apresentação, Rick Wakeman e a sua banda, "English Rock Ensemble", estiveram lado a lado com “Chambre Symphoniette” e a “Tokyo Boadcasting Choir”, para dar vida a sua obra máxima, criada logo no inicio da sua brilhante trajetória. 


A narração foi feita por Terry Taplin, que tem uma voz bem caraterística, mas com uma pronúncia perfeita, totalmente conectada com a dramáticidade da história do célebre escritor, Julio Verne, editada em 1864 e imortalizada na música de Rick Wakeman

Este show começa com algumas músicas retiradas do álbum, “The Six Wives of Henry VIII” e já era possivel escutar as músicas “Guinevere” e “Merlin the Magician” do álbum, “The Myths and Legends of King Arthur and the Knights of the Round Table” que só seria lançado oficialmente em abril deste mesmo ano. 

Resumindo, este show não poderia ser melhor, pois o repertório era irrepreensível, a banda estava completa, Hashley Holt, com sua potente voz, acompanhado por Gary Pickford-Hopkins fazendo a segunda voz, por sinal muito afinada e logicamente o “Mestre” Wakeman fazendo o que mais sabe fazer, tocar, tocar, tocar…………., simplesmente mágico.


RECOMENDADÍSSIMO !!!


Band:
Rick Wakeman -  Keyboards;
Ashley Holt - Vocals;
Gary Pickford-Hopkins - Vocals;
Jeffrey Crampton - Guitars;
Roger Newell - Bass;
John Hodgson - Percussion;
Barney James - Drums;
Chambre Symphoniette;
Tokyo Boadcasting Choir;


Tracks:
DISC 1

1. Opening
2. Catherine Parr
3. Guinevere
4. Catherine Howard
5. Merlin the Magician
6. Anne Boleyn
DISC 2
1. Tuning
Journey to the Centre of the Earth
2. The Journey
3. Recollection
4. The Battle
5. The Forest


"Catherine Parr"

"Merlin the Magician"

4 comentários:

  1. Fala aíiii Mano Véio!!!!!!!!

    Vamos colocar as coisas da seguinte forma.... claras... simples... objetivas e diretas...

    Rick Wakeman é simplesmente o maior tecladista da música moderna !!!! Antes dele, tecladistas ocupavam uma posição modesta na cena musical, eram peças de estudio, meros coadjuvantes no palco - nem sequer tinham destaques diante das câmeras...Por melhor que fossem...( e eram!!!!) suas performances eram tragadas pelo contexto musical e pronto..Você ouvia She's a Rainbow dos Stones e dizia..."Nossa que música !!!!!" a essência musical estava nos teclados de John Paul Jones, mas o que ficava era o contexto e a construção como um todo.

    De repente aparece um cara com uma puta cabeleira loura, com uma capa brilhante e com um monte de teclados dividindo o spotlight no palco.

    Como se não bastasse, tocando na maior banda musical de todos os tempos,....como se não fosse suficiente, levando a música erudita ao alcançe dos jovens...e não obstante, lançando 3 petardos com temas até então jamais trabalhados no cenário do rock, com apresentações antológicas...

    Seu senso de humor tipicamente britânico dá um toque descolado e cínico em sua personalidade, caracterizando como sua marca registrada.

    Rick foi a alma de Sabbath Bloody Sabbath, O combustível de Bowie....Nunca mais vai aparecer um cara como ele no cenário musical....

    Na minha humilde opinião, a síntese de tudo o que eu disse está em seu solo no álbum Yessongs

    "....Ah..Mr. Rick Wakeman on Keyboards"

    Abraço...Força...Sucesso!!!!!

    Carlos..."The Ancient"

    ResponderExcluir
  2. Bicho,

    Só para você ter uma ideia, eu fui às duas apresentações de Rick Wakeman no RJ em 1975, com a banda completa, a Orquestra Sinfônica Brasileira e o coral de mais de 100 vozes da Universidade Gama Filho, ou seja, nunca mais eu esqueci desta apresentação, pois só estando lá para entender este sentimento......

    Eu postei a algum tempo atrás o áudio deste show que foi transmitido pela Rádio Globo FM do Rio..... Vale muito a pena dar uma conferida.....

    O que você disse é mais pura verdade e a realidade dos tecladistas mudou depois que o mundo descobriu Rick Wakeman......

    Abraços,

    Gustavo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com tudo o que vocês disseram. No último dia 21 de novembro de 2012, fui mais uma vez conferir do que esse Mago é capaz. Aos 60 e tantos anos o cara continua super carismático, divertido e, acima de tudo, tocando cada vez melhor.
      Gustavo, não encontrei por aqui o áudio do show que a Rádio Globo FM transmitiu.

      Excluir
    2. Antonio,

      A humildade com que Rick Wakeman lida com o sucesso e com o seu talento é o que o torna esta pessoa carismática e querida por todos....

      Este é o link para o show do Rio de Janeiro: http://www.7062khz.blogspot.com.br/2011/01/rick-wakeman-rick-in-rio-1975.html


      Abraços,

      Gustavo

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails