31 de mai de 2011

MARILLION - "Misplaced Rende-Vous" - 1985

O Marillion, sabidamente, é uma banda que tem duas fases ou eras distintas, ou seja, antes e depois de Fish nos vocais e confesso que não sou nem um pouco fã da segunda, tanto é que nunca postei nada e realmente não pretendo fazê-lo. 

A razão é bem simples, pois quando resolvi criar este blog, um dos artigos do meu estatuto interno de funcionamento, seria não perder tempo em ficar criticando o trabalho de algum artista de forma negativa, simplesmente pelo fato de não ser do meu agrado, sem contar que no mínimo seria ridículo de minha parte achar que minha opinião valeria para alguma coisa. 

Outro argumento importante que levo em consideração, é que o fato de não gostar de alguma coisa, não significa que outros não possam gostar, portanto em respeito aqueles gostam e aos próprios artistas, evito criticas que venham a desmerecer o trabalho alheio, que via de regra têm seu valor, mesmo porque o objetivo principal do blog é estimular a audição das músicas e não afastá-lo delas. 

Verborragia feita, então vamos ao que interessa, no caso o bootleg, "Misplaced Rende-Vous", gravado em quinze de junho de 1985 na cidade de Nice na França, com praticamente duas horas de audição do show, pois as músicas, “The Web”; “Market Square Heroes” e “Grendel”, são versões demo, sendo que esta última, é uma epopéia musical, sendo para mim a obra máxima da banda que estranhamente nunca figurou como música principal nos álbuns de estúdio ou mesmo nos gravados oficialmente nos show que a banda promoveu. 

Mas afinal dá até para imaginar, o que passa na cabeça dos “Managers” da indústria fonográfica, com um álbum com uma música com duração, perto de uns vinte minutos, “Qual FM iria disponibilizar tanto tempo em uma única música?” e por conta disto, nós ficamos um bom tempo sem acesso a esta obra prima. 

Voltando ao show, ele está com uma programação bem eclética, pois os três primeiros álbuns de estúdio estão muito bem explorados, com uma ênfase maior para o álbum,"Misplaced Childhood” por ser o último lançamento da banda naquela época. 

A banda como hábito, proporcionava exibições de alto nível, pois um fato é inegável, todos seus músicos são peritos em seus ofícios, realmente com um talento fora do comum que associados a forma de Fish cantar e se apresentar no palco, muito semelhante a seu ídolo e fonte de inspiração, Peter Gabriel, produziam a química perfeita para levar ao delírio suas imensas platéias. 

Finalizando, este é mais um bootleg para ser muito bem guardado na coleção de qualquer um que goste da banda, mas principalmente que goste de uma música consistente, que venceu grandes adversidades no momento em que foi criada, onde a tônica do grupo era ditada pela vontade de se produzir o melhor e em meu conceito isto foi feito com muita categoria e sabedoria, portanto só posso recomendar muito este trabalho. 

ALTAMENTE RECOMENDADO!!!

MUSICIANS:
Steve Rothery - guitarra e violão
Pete Trewavas - baixo e vocal de apoio
Mark Kelly - teclados
Ian Mosley - bateria
Fish - vocal

TRACKS:
01. Intro- Assasing (7:12)
02. Cinderella Search (5:49)
03. Script For A Jesters Tear Part 1 (3:59)
04. Script For A Jesters Tear Part 2 (5:32)
05. Punch And Judy (3:52)
06. Jigsaw (6:52)
07. Emerald Lies (5:24)
08. Pseudo Silk Kimono (2:40)
09. Kayleigh (3:33)
10. Lavender (2:17)
11. Bitter Suite (6:50)
12. Heart Of Lothian (5:13)
13. Incubus (8:27)
14. Fugazi (9:33)
15. Forgotten Sons (11:59)
16. Garden Party (6:18)
17. Market Square Heroes (12:08)
18. The Web (Demo)(8:22)
19. Grendel (Demo)(18:20)
20. Market Square Heroes (Demo)(3:37)

LINK

"Script For A Jesters Tear"

"Market Square Heroes"

Um comentário:

  1. Amo Marillion!!! Com Fish no vocal, é lógico!!! Grande obra essa aí!!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails