11 de abr de 2011

PINK FLOYD - "Shine On Paris" - 1974

Mais uma vez mirei no que vi e acertei no que não vi e agora a vítima foi o Pink Floyd, com seu álbum, "Shine On Paris" gravado no "Palais Des Sports De La Porte De Versailles", Paris, França em Junho de 1974, em mais uma memorável apresentação histórica. 

E como não poderia deixar de ser, tem sempre algum factóide inserido nestes shows e especificamente no caso deste, mesmo antes de ser lançado em um novo álbum de estúdio, a música, "Shine On You Crazy Diamond", com um solo de guitarra bem diferente do que conhecemos do álbum oficial, era experimentada para o deleite dos franceses que lá estavam.

Mas desta vez não ficou só nisso, pois a música, "Raving and Drooling" com algumas mudanças em seu arranjo e posteriormente no nome, faria parte do álbuns "Animals", que por sinal é um dos que mais gosto da banda e só seria lançado somente em 1977, fato este, muito típico do Pink Floyd

Isto leva a um raciocínio direto do poder criativo que banda tinha e dá até para imaginar a quantidade de músicas que foram feitas, possivelmente gravadas, mas que nem chegaram a ser ditadas ou mesmo apresentadas em algum show e podem estar perdidas em algum lugar. 

Pela época em que aconteceu, esta apresentação deveria estar cobrindo ainda a turnê de lançamento do álbum, "The Dark Side Of The Moon", de 1973, pois a peça está apresentada na íntegra, com direito a vocal feminino e tudo mais para a execução de "Great Gig In The Sky", um pouco gritado para o meu gosto, mas tudo bem, faz parte destas apresentações. 

Finalizando, é mais um puta show, de um fenômeno musical, com um poder criativo, praticamente ilimitado, inimitável, com uma formação única de músicos, produzido por uma banda de rock que está acima do bem e do mal e o melhor de tudo, é que é uma das bandas que mais material disponível tem a oferecer, pois existe um sem número de bootlegs que são divulgados, principalmente por blogs especializados em Pink Floyd, que se sabe lá aonde conseguem desenterrar estas preciosidades musicais, agindo como arqueólogos musicais, tendo até em vista que são gravações antigas, não aproveitadas pelos seus produtores, provavelmente mofando em algum porão de alguma gravadora. 

Musicians:
David Gilmour
Roger Waters
Rick Wright
Nick Mason
Venetta Fields
Carlena Williams
Dick Parry

Tracks:
Disco 1
01. Shine On You Crazy Diamond (Early Version)
02. Raving And Drooling
03. Echoes

Disco 2
01. Speak To Me
02. Breathe
03. On The Run
04. Time
05. Great Gig In The Sky
06. Money
07. Us And Them
08. Any Colour You Like
09. Brian Damage
10. Eclipse

LINK

"Time"

"Any Colour You Like"

4 comentários:

  1. Disse-o bem, Gustavo, 'sabe-se lá onde se consegue desenterrar essas preciosidades musicais".
    Baixei... Pena q "Shine On..." não está completa, mas gostei, mormente q no lugar do saxofone, escutamos um solo de sintetizador, imitando trompa.

    Eu já havia escutado uma outra versão de "Sheeps", antes do "Animals" ser gravado. Pink Floyd até os anos 1977 aproximadamente, era muito bom ao vivo, não me canso de falar, improvisavam, tocavam diferente , modificavam os arranjos , eram só os 4, nada de mais um guitarrista, outro tecladista, um percussionista, os constantes coro feminino. E esta versão de "Sheeps", deste bootleg, é diferente de outras q conheço:Wright faz o sintetizador gemer muito, na parte central da música, e no vocal escutamos um 'uá, uá, uá...'.

    Echoes com sintetizador foi novidade pra mim(rs). Essa, até o momento, foi a melhor versão ao vivo da música q já escutei.

    No "The Dark Side..." , eles modificaram bem "Speak To Me" e "On The Run"(gostei muito!). Achei bem legal o solo de guitarra de "Time". A vocalista grita muito mesmo em "The Great Gig"... rs. Nela , a pedal steel de Gilmour está bem mais atuante q no disco de estúdio.
    O solo de guitarra em "Money" é mais longo, e ótimo! Não vi nada demais em "Us and Them". Em "Any Colour...", Wrigh toca um pouco diferente seu sintetizador, faz um ótimo trabalho; Gilmour improvisa... e bem. Pena q a gravação não é muito boa, mas tudo bem, valeu muito, e como, a pena!

    Muitíssimo obrigado, Gustavo!

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Pois é meu amigo,

    Graças a Deus, a Net está cheia de arqueólogos musicais que vez por outra encontram algum tesouro musical e o disponibilizam para nós......

    Essa é uma da missões mais fantásticas da rede, funcionando como um estímulo à cultura e ao desenvolvimento.......

    Obviamente tudo que posto aquí é fruto de pesquisa em sites e blogs muito melhores do que este, pois a rigor eu nunca desenterrei nada.....

    E quando alguém como você se dá ao trabalho de fazer esta longa narrativa a respeito de um material postado com uma precisão cirúrgica como a que demonstrou acima , é muito gratificante e um estímulo a continuar a busca de novos e intrigantes projetos musicais.......

    Sua presença é sempre e extremamente muito bem vinda, pois seus comentários sempre enriquecem as postagem, mesmo quando você me pega em algum ato falho, pois eu ganho a oportunidade de corrigir qualquer anomalia e com certeza todos ganham com isso.......

    Sou eu quem tem que agradecer pela sua presença..........

    Volte Sempre!!!

    Forte abraço,

    Gustavo

    PS: Eu continuo achando a Lee Meriwether a Mulher Gato mais linda da TV (hahahahaha).....

    ResponderExcluir
  3. É, Gustavo, dessa vez, fui longe demais com a minha prolixidade(me empolguei-rs).

    Muita, mas muita gentileza de sua parte.
    Reitero meus sinceros agradecimentos.

    Quanto à Lee Meriwether, ela não interpretou a Mulher Gato na TV, as intérpretes foram Julie Newmar e Earth Kitt. Lee foi a Mulher Gato do Cinema. Na época, Julie Newmar recusou o papel.
    Lee Meriwether, a meu ver, tem o rosto bem mais bonito q o da Julie Newmar, mas essa é mais sensual q a outra. Infelizmente, não vi Lee como Mulher Gato no cinema.

    Tudo de bom!

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo,

    Não há prolixidade em seus comentários,o que existe é um conhecimento de causa que sempre é agregador e isto é um fato, pois um blog não sobrevive apenas de postagens, mas principalmente dos comentários, criticas e polêmicas que são abertas........

    Quanto a Lee Meriwether, mais uma vez você me pegou em um ato falho, tens toda a razão, mas de qualquer forma todas que fizeram o papel da Mulher Gato, são lindas..........

    Viu como sua participação é importante????

    Volte sempre!!!

    Abraços,

    Gustavo

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails