2 de mar de 2011

YES - "Rock in Rio" - 1985

Dando uma fuçada nos blogs alheios, fui surpreendido quando estava no blog, Wlasol Company by Stay Rock, quando me deparei com esta raridade do Yes quando esteve no Brasil pela primeira vez, em 1985, para fazer parte da maior celebração do rock que o País já teve em sua história, a primeira edição do Rock in Rio.

Vinte e seis anos se passaram e quando escutei esta gravação pela primeira vez há alguns dias atrás, a emoção foi mesma e imediatamente as lembranças que há muito tempo estavam escondidas em algum lugar desta velha massa encefálica, foram colocadas a vista novamente e mais uma vez a música com seu poder associativo fez meu coração bater mais forte. 

Esta edição do Rock in Rio, foi a mais abrangente de todas que passaram pelo Brasil, pois praticamente todas as tendências musicais da época foram representadas por nomes de peso do hard rock, heavy metal, pop internacional e nacional, Jazz e do rock progressivo, muito bem representado pelo Yes em uma celebração que durou dez dias consecutivos, uma verdadeira loucura que só quem esteve lá sabe o que foi e o que significa tantos anos depois escutar novamente aquele som e sentir a mesma vibração. 

Logicamente alguns elementos fundamentais da banda não estavam presentes, como Rick Wakeman e Steve Howe, mas em um país que raramente até aquele momento recebia algum artista ou banda internacional, poder ver e escutar bem de perto um Yes desfalcado, para aquela situação já era um sonho mais que realizado. 

Só para refrescar a memória, o Yes é apenas uma parte de um acontecimento histórico ocorrido em terras Tupiniquins, pois tivemos também o privilégio de receber, o Queen, AC/DC, Ozzy Osborne, Iron Maiden, Whitesnake, Scorpions, All Jarreau, o malucão do Rod Stewart, James Taylor, a biruta da Nina Hagen, Go Go's, B-52's que eram conhecidos como "Bife com Tutu" e George Benson, os representantes da ala internacional.

O Brasil esteve muito bem representado por, Rita Lee, Erasmo Carlos, Ney Matogrosso, Elba Ramalho, Kid Abelha, Barão vermelho, Eduardo Dusek mais pirado do que nunca, Baby e Pepeu, Moraes Moreira, Alceu Valença, Lulu Santos, Blitz , Ivan Lins, Gilberto Gil e os Paralamas do Sucesso, porém o fato de estar bem representado, não significa que todos os citados se enquadrassem em um evento como este, pois considero que alguns nomes não atendiam aos requisitos mais básicos de um festival de rock. 

Mas isto é um pequeno detalhe que em nada tira o brilho do maior evento musical já produzido aqui no Brasil, um divisor de águas que abriu as portas dos País para o mundo e este feito tem um nome, Roberto Medina, idealizador deste mega-projeto que em setembro deste ano realizará mais uma edição do festival na Cidade do Rock em Jacarepaguá no Rio de Janeiro.
      
Musicians:
Jon Anderson - vocal
Trevor Rabin - guitarra, vocal
Tony Kaye - teclado
Chris Squire - baixo
Alan White - bateria


Tracks:
01. Opening
02. Cinema
03. Leave It
04. Yours is No Disgrace
05. Hold On
06. Hearts
07. I've Seen All Good People
08. Si / Solly's Beard
09. Changes
10. And You and I
11. Soon
12. Make it Easy / Owner of a Lonely Heart
13. It Can Happen
14. Amazing Grace / Whitefish
15. Trevor Rabin Solo
16. City of Love
17. Starship Trooper

LINK.

"Make it Easy / Owner of a Lonely Heart"

"Hold On"

"Hearts"

6 comentários:

  1. É eu estive ai
    E hj, depois de passados tantos anos e "rock in rio" rodar em portugal e outros lugares, eis que volta ao Brasil.
    Mas desta vez não me animo. Rock in rio com Cláudia Leitttte e congêneres tô fora.
    Obrigado por disponibilizar este
    A propósito, adicionei seu blog no blogroll anexo do meu barraco. Qdo tiver um tempinho passa lá para conhecê-lo
    Valeu mesmo

    ResponderExcluir
  2. Meu caro,

    Concordo 100% com o que disse a respeito do Rock in Rio atual....... uma lástima.......

    Quanto ao seu blog, é um conhecido de longa data, que também faz parte da Atitude Rock'n Roll aqui do blog...........

    Volte sempre....

    Abraçõs,

    Gustavo

    ResponderExcluir
  3. PARECE QUE FALTA ROUNDABOUT QUE FOI APRESENTADA POIS FOI DIVULGADA PELOS CLIPS DA REDE GLOBO NA EPOCA

    ResponderExcluir
  4. Como estamos lendo em varias reportagens o Rock in Rio atual não passa de marketing e pose;só faltou o Bon Jovi para completar o elenco. O virtuosismo tecnico se tornou fora de moda nos dando a impressão que nem haveria espaço para grupos com som mais elaborado.Hoje o publico jovem quer coisa mais imediata, descartavel;não existem mais supergrupos como no passado. Uma pena .Apesar de mais pop respeito muito o Yes desta fgase, pois o Trevor Rabin com seu estilo mais pirotecnico se encaixou perfeitamente no contesto do grupo, e o seu hit maior foi tocado até pelo Frank Zappa (vide série YCDTOSA).O som deste show está com boa qualidade. Recomendado, principalmente pelos saudosistas.

    ResponderExcluir
  5. olha ´so teve um rock in rio em toda história e foi de 1985 me desculpe o publico de agora mas rock era aquilo que se viu em 1985 nada mais do que aquilo.

    ResponderExcluir
  6. Principalmente para quem esteve lá, o shows foram inesquecíveis......

    Abraços,


    Gustavo

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails