19 de out de 2010

NOSTRADAMUS - "Testament" - 2008

Descendentes de um dos maiores nomes do rock progressivo húngaro, o Solaris, deu sua primeira cria a partir de dois ex-membros, Gomori László e Tamás Pócs, respectivamente baterista e baixista, que resolveram continuar uma carreira de sucesso com esta nova banda, o Nostradamus.

Para tanto teriam que complementar o grupo com novos elementos que tivessem as características necessárias para manter o alto padrão musical que o Solaris oferecia, então foram convidados a fazerem parte do grupo, Valéria Barcsik para os teclados e vocal, Péter Foldes na flauta e András Káptalan na guitarra.

O resultado foi ótimo, pelo menos para mim, pois as musicas estão fantásticas, é como se fosse uma continuação de "Marsbéli Krónikák" (Martian Chronicles), mas sem haver a intenção de clonar o álbum, é que a solução orquestral dada às músicas é belíssima com o conjunto dos teclados e da  flauta, que alias está sublime e quem substituiu Attila Kollar, o fez a altura.

A bem da verdade é possível destacar sem receios todos os membros da banda, que demonstraram seu talento e poder de criatividade sem dificuldade alguma, tão simples quanto respirar, tendo em vista que há uma harmonia entre os instrumentos, onde a música é a unidade básica e o destaque é a própria música e não um determinado instrumento. 

Cada vez me convenço mais que a Hungria abriga tesouros musicais que merecem ser explorados e aproveitados por nós, pois a influência da música clássica é marcante nas poucas bandas que eu conheço, o que às classifica mais ainda, isto sendo para mim um estímulo a pesquisas futuras para descobrir novas preciosidades musicais que lá estão escondidas.

Musicos:
Gomori László, bateria;
Tamás Pócs, baixo;
Valéria Barcsik, teclados e vocal;
Péter Foldes, flauta;
András Káptalan 

Track-list:
01. Solarissimo
02. Troy
03. Shadow in the rain
04. Divine comedy
05. This is not the day of your death
06. Children's kingdom
07. Run of the world
08. Testament
09. African cotton typesetters in Ireland
10. Emotion
11. Mystica
12. Secret in hand
13. My emotion

LINK. 

"Shadow in the rain"

4 comentários:

  1. Caramba enfim consegui achar esse maravilhoso cd, estou a varios meses procurando.
    Valeu mesmo esta jóia hungara tem que ser divulgada junto com o Solaris muitas e muitas vezes e em vários blogs.
    Parabéns pelo blog. Um dos melhores que conheço.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Katendo,

    Voce tem toda a razão quando diz que este cd é maravilhoso, pois ele é muito bom mesmo, alias uma raridade nos dias de hoje, levando-se em consideração o pouco tempo que tem de lançado. Eles seguem a linha sinfônica do Solaris com muita propriedade e personalidade........

    Agradeço muito pela palavras direcionadas ao blog que tem por único objetivo divulgar o que houver de melhor do mundo da música, seja qual for a tribo.....

    Volte sempre!!!

    Um forte abraço....

    Gustavo

    ResponderExcluir
  3. Caro Gustavo, segui seu conselho, baixei esse disco. V.Sa. já deve ter notado q minhas humildes opiniões são polemicas. Bem, como vc disse, e até mesmo pela turma q forma a banda, com dois remanescentes do Solaris, q a semelhança com a banda citada é enorme. Do Solaris, os discos q conheço/tenho são o famoso das crônicas de marte e o "Nostradamus". O primeiro já tive o vinil, húngaro, o único disco húngaro q tive. A capa tinha um brilho, q nunca vi em outro vinil, mas o disco, q me custou um pouco caro, chiava muito nas partes mais silenciosas do disco, o q muito me irritava. Acabei por trocá-lo com o cd similar, tb húngaro. O "Nostradamus" tenho cópia. Eu gostei bem mais do grupo Nostradamus q do Solaris. A meu ver, o grupo só perde pro famoso Solaris, no trabalho de guitarra. Mas no restante, na minha humilde opinião, o Nostradamus ganha. As músicas são mais consistentes, líricas, a flauta se destaca, mas existe uma boa intervenção dos teclados, com riffs de guitarras e baixo e bateria atuantes. E, no final,o q esperei desde q vi a ficha técnica do disco, o belo vocal feminino da tecladista Valéria.

    Muito obrigado, Gustavo, por essa ótima raridade!

    Saúde e paz!

    ResponderExcluir
  4. Meu caro amigo Roderick,

    Concordo com a sua opinião, o Nostradamus foi uma gratíssima surpresa, tão bom ou melhor que o próprio Solaris, mas tenho que te confessar que com estas bandas da Hungria eu sou totalmente tendencioso e imparcial, pois eu gosto demais do estilo do trabalho que é feito e posso te garantir que ainda tem muita banda boa a ser explorada por lá....

    É só uma questão de tempo para garimpar e achar várias preciosodades que os anos de ferro fizeram o favor de esconder do resto mundo.......

    Eu postei a algum tempo atrás uns álbuns de uma banda chamada "Synkopy" da Checoslováquia e eu achei a banda bem interessante.... Vale a pena uma escutada só para matar a curiosidade....

    volte sempre, pois sua presença e comentários são sempre muito bem vindos e importantes para todos nós.....

    Um bom final de semana...

    Forte abraço...

    Gustavo

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails