9 de set de 2010

HELMUT KOELEN - "You won't see me" - 1977

Este é outro álbum que redescobri com minha mudança e pode ser até que esteja um pouco manjado no meio blogueiro, mas como se trata de um material que de forma indireta nos remete ao Triunvirat que é uma banda que praticamente não tem material fora do catálogo oficial e como ultimamente os links têm sido removidos de forma autoritária e extemporânea, não resisti à tentação em postar o álbum, "You won't see me", criação de Helmut Koelen que ao lado de Jürgen Fritz e Hans Bathelt compuseram a melhor formação do Triunvirat, um dos expoentes do rock progressivo.

É um álbum logicamente com características mais chegadas para um pop rock do que para o rock progressivo, o que não tira o brilho deste trabalho que acabou sendo o único da fase solo de Helmut Koelen, pois ele havia terminado este álbum em novembro de 1976 e prematuramente veio a falecer em três de maio de 1977, uma verdadeira lástima para seus familiares e para nós amantes de sua música.

Como é um trabalho sem a rigidez de compromissos fixos com este ou aquele estilo, um projeto solo fora da linha de atuação do Triunvirat, é possível claramente identificar as diversas vertentes musicais distribuídas ao longo das nove faixas, um leve hard-rock, pop e até uma pitadinha de jazz na música "It's hard to Love you" que abre o álbum deixando-o bem leve, permitindo uma audiência menos exigente e consequentemente mais abrangente, permitindo atingir um maior público pela sua simplicidade e diversidade musical.

Uma versão muito interessante de "You won't see me" da dupla Lennon e MacCartney está inserida neste álbum, tornando-o extremamente convidativo, assim como "The story of life" uma baladinha muito legal que quando ouvi novamente, fui transportado uns trinta e cinco anos atrás, levando-me a lembrar de acontecimentos muito legais que ocorreram em minha juventude, não se tratando de saudosismos, mas sim de bons momentos vividos que merecem ser sempre lembrados.

Mais uma vez a música com seus poderes mágicos dentro de nossos cérebros redescobrem acontecimentos vividos há muito tempo funcionando como um "back-up" de nossa memória, bastando uns simples acordes para que fatos e imagens do passado que vivemos se materializem, dando a nítida impressão que o ocorrido tenha acontecido há muito pouco tempo.

Só resta a mim, recomendar muito este trabalho, por ser único na brilhante e curta carreira de Helmut Koelen, bem como pela sempre brilhante participação de Jürgen Fritz, um dos mais renomados tecladistas e compositores do rock progressivo.

Músicos:
Dieter Petereit, bass
Helmut Koelen - Bass, Guitar, Vocals
Jurgen Fritz - Keyboards
Matthias Holtmann - Drums

Track-list:
1- It's hard to love you
2- I'm walk on the river
3- Station
4- Dear poor boy
5- Playin' this song toghether
6- Listen lady
7- Mainstreet
8- The story of life
9- You won't see me

Link.

"You won't see me"
"The story of life"

2 comentários:

  1. Pode até ser um album "manjado" mas esse eu ainda não tenho, ou melhor, não tinha.
    E só por ser da "familia" Triumvirat já deverá valer a pena... vamos conferir.
    Tb Agradeço vc Gustavo por colocar o Link da Rádio e se quiser o nosso Bnner ou Player estão a disposição.
    Abs,
    Mister Garden
    www.rockfly.com.br

    ResponderExcluir
  2. Valeu Gustavo !!!
    Já dei uma primeira "orelhada" no Helmut e achei bem legal e é interessante ouvir um lado mais suave do cara.
    Me envie um e.mail para eu ter um contato direto contigo.

    Abs,

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails