10 de mai de 2010

YES - "Going for the One" - 1977

Depois de dois anos de jejum, "Going for the one", é o oitavo álbum de estúdio do YES e contou com o retorno de Rick Wakeman nos teclados.

Este álbum foi gravado na Suíça, onde Rick Wakeman  utilizou-se de um órgão de igreja dando uma nova roupagem às musicas com um resultado excelente.

Especificamente nas músicas "Parallels" e na suíte "Awaken" que passaram por este tipo de tratamento musical, o efeito produzido foi altamente positivo, dando uma grandiosidade melódica e estrutural às músicas.

Particularmente considero a música "Awaken" uma joia tão rara quanto toda a obra de "Tales From Topographics Oceans", por conta de sua complexidade e consistência musical.

"Going for the One" a faixa título do álbum até por sua sonoridade e timbre de guitarras, lembra um pouco o Led Zeppelin.

"Turn of the Century" e "Wonderous Stories" são duas belas músicas que complementam muito bem o álbum.

A formação da banda para este álbum contou com a participação de  Jon Anderson nos  vocais, percussão e harpa; Chris Squire no baixo e vocais; Steve Howe nas guitarras e vocais; Rick Wakeman nos teclados e Alan White na bateria e percussão.

Originariamente quando do seu lançamento em 1977 havia somente cinco faixas, mas em 2002 o álbum foi remasterizado e ganhou mais sete faixas bem interessantes.

Set-List:
01 - Going For The One
02 - Turn Of The Century
03 - Parallels
04 - Wonderous Stories
05 - Awaken
Bonus tracks:
06 - Montreux's Theme
07 - Vevey (Revisted)
08 - Amazing Grace
09 - Going For The One [Rehearsal]
10 - Parallels [Rehearsal]
11 - Turn Of The Century [Rehearsal]
12 - Eastern Number [Early Version Of 'Awaken']


"Awaken" - parte 1
 "Awaken" - parte 2

   

Um comentário:

  1. ME LEMBRO AINDA DA CRITICA DO EZEQUIEL NEVES PUBLICADA NO JORNAL DA TARDE DA EPOCA A RESPEITO DESTE LANÇAMENTO:" O YES TOMOU JEITO" MAS ME PARECE QUE O EZEQUIEL NEVES (já falecido, era o critico mais respeitado da epoca, seus comentarios eram sempre lembrados na hora de aquisição de algum novo LP, considerando o custo de compra da epoca,embalagem tripla, gravadora WEA, etc...)NÃO OUVIU O DISCO ATÉ O FIM, FICANDO EMPOLGADO COM A FAIXA DE ABERTURA QUE FOI MUITO IMPACTANTE NA EPOCA; SEGUINDO PELO DISOC NOS DEPARAMOS COM PARALLELS EM QUE O ORGÃO DE OVERDUB NÃO TEM NADA A VER COM O PIQUE DA MUSICA, SOANDO DE EXTREMO MAU GOSTO. OS ANIMOS DE RENOVAM COM WONDEROUS STORIES QUE É UMA DAS MUSICAS MAIS LINDAS DO YES (segundo o proprio Rick Wakeman), PORÉM COM AWEKENING A ESPERANÇA VAI POR AGUA A BAIXO; A MUSICA NÃO TEM NADA A VER COM A PROPOSTA DA SON ORIDADE INICIAL SEM CONTAR COM O "ADAGIO" DE ENROLAÇÃO QUE DURA VARIOS MINUTOS SE TORNANDO NUMA PEÇA EXTREMAMENTE CANSATIVA (que só foi incluida nos Shows a pedido do proprio Rick). FIQUEI CONFUSO :COMO O EZEQUIEL NEVES PODER TER GOSTADO DESTA MUSICA?;MAS SEGUNDO A SUAS PREVISÕES O YES SÓ FOI TOMAR JEITO COM "YESSHOWS" QUE É UM ALBUM AO VIVO DE ARREPIAR; DESTE ELE DEVE TER GOSTADO.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails