13 de mai de 2010

EMERSON, LAKE & PALMER - Trilogy - 1972

Seria uma tremenda sacanagem minha falar tão bem do Triunvirat, defendê-lo de acusações de imitação de estilos em relação ao ELP na postagem anterior e não colocar algo deles para botar a prova.

Então ai está, "Trilogy", obra prima incontestável, inspiração pura de uma das legendas mais expressivas do rock progressivo, o ELP, é claro.

"Trilogy" é o quarto álbum da banda, gravado em 1972, para muitos o melhor trabalho da banda, o mais criativo.

Influenciados pela música clássica e embalados pelo sucesso de "Pictures at an Exhibition" de Modest Mussorgsky feito no ano anterior, produziram uma versão de "Hoedown" de Aaron Copland, simplemente magistral, impecável, obrigatória em todas as apresentações que viriam a diante.

Mas não param por ai, uma referência ao Bolero de Ravel fica explícita em "Abaddon's Bolero" que também uma pérola, coisa de gênio.

"From the beginning" foi a música que estourou nas paradas de sucesso da Europa, projetando o ELP mundo a fora definitivamente.

O nome da banda já diz tudo, mas de qualquer forma, não custa nada dar nome aos integrantes da banda, com Keith Emerson nos teclados, Greg Lake nas guitarras, baixo e vocal e Carl Palmer na bateria e percussão.
 
Apenas por curiosidade, por muito pouco a abreviatura do nome da banda não foi HELP, e o "H" seria de Hendrix, isso mesmo, Jimi Hendrix, que não entrou para a banda por problemas de agenda na época e em seguida por conta de seu prematuro falecimento.
 
Set-list:
1. The Endless Enigma, Part 1 (Keith Emerson, Greg Lake) 6:41
2. Fugue (Emerson) 1:57
3. The Endless Enigma, Part 2 (Emerson, Lake) 2:03
4. From the Beginning (Lake) 4:16
5. The Sheriff (Emerson, Lake) 3:22
6. Hoedown (Aaron Copland) 3:47
7. Trilogy (Emerson, Lake) 8:55
8. Living Sin (Emerson, Lake , Carl Palmer) 3:14
9. Abaddon's Bolero (Emerson) 8:08

Link.

"Hoedown"

Um comentário:

  1. Esta banda liderou o "California Jam" de 1974, festival de rock nos EUA, o Deep Purple então, divulgava o seu mais recente album com sua nova formação (Mark III), o seminal "Burn" editado no começo daquele ano. Alem de Black Sabbath cantando sons do seu "Sabbath Bloody Sabbath", robou a cena durante o evento, Ritchie Blackmore,que quebrou a sua Fender Strat numa câmera da Rede ABC e botou fogou nos amplificadores durante a execução de "Space Truckin" (Machine Head - 1972),nos seus quase que 30 minutos!Não se sabe ao certo, mas o guitarrista queria que o grupo se apresentasse o mais cedo possivel, o que não aconteceu (19:30 hs) e o Sabbath sendo bem aplaudido. Os anfitriões (ELP) se apresentaram a partir das 22:30 hs!! - Marcio "Osbourne" Silva de Almeida - JLLE/SC

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails