1 de abr de 2010

SERGIO MENDES & BRAZIL 66 - "Foursider"

Sergio Mendes, nascido em Niterói em 1941 é músico e compositor de bossa nova. Tem o poder da renovação da música quando compõe ou quando está regravando algum sucesso como, por exemplo, "Mas que Nada" de Jorge Ben, pois consegue transformar o que já é muito bom em algo muito melhor.

Faz arranjos incríveis em cima de obras já consagradas, o que é muito difícil e até certo ponto muito perigoso. Ele faz tudo com muita simplicidade, sem a preocupação de modismos e sofisticações desnecessárias num misto de bossa nova e jazz muito agradável de escutar.

Logicamente está sempre rodeado de excelentes músicos que dão o suporte que ele precisa para mostrar todo o seu talento como compositor e arranjador.

Tiveram vários altos e baixos na trajetória de sua carreira e foi nos EUA que ele montou o BRAZIL 66 e teve o reconhecimento internacional que merece. Em 1993 ele foi premiado com um Grammy na categoria World Music. Ele conta com mais de trinta álbuns editados até hoje, sendo o que no seu último trabalho ele contou com as participações especialíssimas de Steve Wonder e do Black Eyed Peas.

É simplesmente adorado por lá, o que já não acontece por aqui. Existe uma certa resistência ao trabalho dele, principalmente por falta de conhecimento de sua obra que pouco foi editada em solo brasileiro.

Seu álbuns (todos eles praticamente) são peças de catálogo até hoje nos EUA, com várias edições feitas no Japão, que sempre vem acompanhadas de algumas novidades. Para adquirir seus trabalhos por aqui, só em lojas como a Fnac, Saraiva Megastore, Livraria Cultura e outras do ramo têm alguns álbuns importados a um precinho bem salgado para o bolso brazuca. Deve ser o preço a se pagar pelos erros do passado pelo não reconhecimento do seu verdadeiro valor.

Uma boa coletânea com as suas músicas estão no álbum "FOURSIDER" -  Parte 1 e Parte 2 
  
"Mais que nada"

"Laia Ladaia"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails