22 de mar de 2010

PASSPORT - "Infinity Machine" - 1976

O Passport foi a banda que abriu meus olhos para o jazz. Tocando um jazz-rock de primeiríssima qualidade com tendências progressivas, os alemães do Passport sob a batuta de Klaus Doldinger são sempre a garantia de muita curtição.

Como não estão presos a estereótipos do jazz, a liberdade de composição e a forma como tocam deixam as músicas com um formato muito agradável de escutar.

Em 2003 lançaram "Back to Brazil", um álbum com a fusão dos ritmos do Brasil e do jazz-rock maravilhoso que eles fazem e o resultado não poderia ser outro, um discaço, que será o objeto de uma próxima postagem da banda.

O Download do album está originariamente postado no blog Rare & Groove Jazz (http://rarejazz.blogspot.com/) que tem um execelente acervo de Jazz e afins.

O set list deste album é o seguinte:

1 Ju-Ju-Man 10:07
2 Morning Sun 5:48
3 Blue Aura 3:04
4 Infinity Machine 5:12
5 Ostinato 7:37
6 Contemplation 6:36

A formação da banda para "Infinity Machine"contou com Klaus Doldinger; Wolfgang Schmid; Curt Cress e Kristian Schultze. No vídeo abaixo temos Ostinato que foi a primeira música do Passport que escutei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails