22/06/2011

YES - "We Can Fly From Here - Original Trevor Horn Demos" - 1980/1981

Além de escrever algumas bobagens aqui no blog eu também fuço os blogs alheios em busca de novidades e mais informação e qual não foi minha surpresa ao me deparar com uma resenha, que pode ser até encarada como mais uma “teoria da conspiração”, porém, como está muito bem embasada, considerei que este assunto merecia ser levado adiante. 

Primeiramente, faço questão de divulgar na íntegra o texto e dar todos os créditos para o blog, Leonardinky 2.1, aliás, parada obrigatória para quem está atrás de alguma novidade do mundo do rock, pois há um acervo incrível de álbuns de diversos gêneros musicais e bandas, a disposição, o que acabou por motivar esta resenha. 

O texto lá colocado em língua espanhola é o seguinte: 

“Por lo visto a falta de ideas nuevas, los remanentes de Yes nuevamente echan mano de su extenso baúl de outakes e inéditos de tiempos pasados para reflotar y retomar su carrera discográfica. 

Como ya lo habíamos visto en Keys To Ascension al incluir Mind Drive, tomado de las sesiones de XYZ de 1982 junto al Ex-Led Zeppeling Jimmy Page, o en 1997 con Boundaries tomado del trabajo solista de Jon Anderson, Animation de 1982, o en su ultimo trabajo en estudio hasta la fecha Magnification del 2001 incluyendo en esa ocasión Can You Imagine también de las sesiones en estudio Junto a Jimmy Page en 1982. 

Ahora nuevamente Yes vuelve a echar mano a este extenso repertorio de descartes, esta vez con el trabajo de Trevor Horn de comienzos de los ochenta. 

No obstante he quedado sorprendido por que no estamos tan sólo en presencia de un par de acordes o pasajes instrumentales, sino que esta vez se toma gran parte de ese material, y básicamente de manera integra a la original, como fue compuesta hace más de 30 años por Horn. 

No obstante es notorio que en el ejercicio del trasvacije del formato de pop electrónico al progresivo más propio de Yes, es claro que se pierde mucho del encanto original de estos temas. 

Por ello les presento aquí esta pequeña selección de esos demos originales que son desarrollados ahora en el nuevo álbum de Yes, con el fin que vayan comparando y vayan preparando el animo a lo que se viene con el nuevo álbum de la banda, el cual conserva casi en su integridad mucho de este material, además de incluir un par de nuevas composiciones. 

Espero que una vez con el disco en la mano pueda cambiar en parte mi falta de entusiasmo a lo que parece un refrito de outtakes que intenta devolvernos en parte algo de la magia de ese gran álbum que resulto ser Drama en 1980.” 
LEONARDINSKI 2.1 

Eu já sabia a algum tempo que o Yes lançaria em meados de julho deste ano, um novo álbum, chamado, “Fly From Here”, sem a presença de Jon Anderson e Rick Wakeman, que a rigor estão substituidos por Benoit David e Adam Wakeman, respectivamente (pelo menos nos shows), mas quando lí o texto acima, confesso que fiquei bastante decepcionado em ver uma banda como o Yes, que para mim é uma legenda, estar se utilizando de um refugo de músicas da dácada de oitenta (arghh), provenientes da epoca da gravação do álbum “Drama” e mais precisamente de autoria de Trevor Horn, a quem tenho grande admiração e respeito, apesar de não gostar nem um pouco do referido álbum que teve sua participação. 

A minha decepção ocorre pela falta de coragem dos remanescentes da banda e seus novos integrantes a desenvolverem um tema inédito, atual, que representasse para seus fãs, uma confirmação de que a banda possa ir em frente, mesmo com as graves baixas sofridas em sua formação clássica. 

Infelizmente isso para mim, tem um significado um tanto cruel, pois como em quase tudo na vida, tem um começo, um meio e um fim, portanto, o fim da lenda viva, Yes, pode estar muito próximo, o que é uma verdadeira lástima e eu espero sinceramente que eu esteja totalmente equivocado em meus sentimentos e que isso não aconteça tão cedo, pois seria indigno e melancólico demais ver a banda extinguir-se desta forma. 

As gravações de “We Can Fly From Here” que estão creditadas como de autoria de Trevor Horn, são muito interessantes e não há de minha parte a menor intenção de desmerecê-las com esta resenha, pois pelo mais incrível possa parecer, eu as considero até melhores do que as que estão no álbum “Drama”, gravado em 1980. 

Está também disponibilizado também no blog  Leonardinky 2.1, uma faixa do novo álbum, com a música “Fly From Here”, na voz de Benoit David, que justiça seja feita, tem se esforçado muito para suprir a falta de Jon Anderson nos vocais (missão quase impossível) e que provavelmente será o single principal do álbum e onde claramente se identifica a música de Trevor Horn que originariamente chama-se, “We Can Fly From Here”

Finalizando, o autor do texto acima transcrito, espera poder estar com o álbum finalizado e completo para poder tirar suas conclusões, bem como também torce para que estre álbum seja tão bom quanto o álbum “Drama” foi para ele, assim como para mim, eu honestamente espero que este álbum apenas seja bom e represente uma sinalização de que com Yes está tudo bem e que a banda ainda tem muito fôlego para se manter na ativa. 

Tracks: 
01. We Can Fly From Here - Part I (Demo) (5:04) [*]
02. We Can Fly From Here - Part II (Demo) (3:56) [*]
03. Life On A Film Set (Riding A Tide) (4:45) [*]
04. Go Through This (Live in Boston 1980) (4:16) [**]
05. We Can Fly Fron Here (Latter Version to Drama Album 1980) (6:23) [***] 

Notes: 
[*] Demos From Buggles: Adventures A Modern Recording Expanded & Remastered (2010)
[**] From Yes: Dramatour: Live at Boston Garden, 9 September (1980)
[***] Previously unreleased from Yes: Drama Session August (1980) 

Musicians: 
Trevor Horn: Vocal Piano Bass Guitars 
Geoff Downes: Piano Keyboards 
Chris Squire: Bass Guitars, Backin Vocals. 
Alan White: Drums 
Bruce Woolley: Piano, Drums, Guitars.

LINKS: 

Disponíveis diretamente no blog Leonardinky 2.1
Link direto para o álbum  “We Can Fly From Here”
Link direto para o single “Fly From Here”


"The Buggles - We Can Fly From Here Parts 1&2"

"YES - Fly From Here - 2011"

2 comentários:

  1. Olá, Gustavo!
    Muito legal esse post! Esse eu não conhecia ... Agora resta esperarmos até 12 de julho (não é essa a data?), para o lançamento do disco novo ("Fly From Here") do Yes. Aliás no meio de tantos grupos maravilhosos de todo o mundo, o Yes é o meu favorito (apesar de assinar os comentários como "Ricardo Triunvirat" ... isso foi idéia do "Lobo Dead" algum tempo atrás ...).
    Desculpe, mas não posso deixar de comentar ... reparou como o Trevor Horn está na foto aí em cima, igualzinho ao jornalista das fofocas televisivas Leão Lobo? KKKKKKK

    Abraço

    Ricardo Triunvirat

    ResponderExcluir
  2. Ricardo,

    Realmente só nos resta esperar ate 12/7 e ver o que nos aguarda.....

    Mas é difícil encarar a banda sem Jon Anderson e Rick Wakeman depois de tantos anos juntos, isso eu não posso negar.....

    Olha eu fiz esta postagem ontem tão rápido que eu nem tinha reparado na semelhança de Trevor Horn x Leão Lobo....(rsrsrs)

    O trabalho do T. Horn não é ruim, porém, eu acho que aproveitar um trabalho tão fora de época, está me parecendo mais, um álbum caça-níqueis..... Tomara que eu esteja errado......

    Abraços,

    Gustavo

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails